A lesão de Daniel Cormier, que foi forçado a se retirar do duelo diante de Anthony Johnson – que seria a luta principal do UFC 206, em Toronto, Canadá – acabou desencadeando uma série de eventos no UFC. Depois de tentar, sem sucesso, achar um substituto para o campeão dos pesados, para enfrentar Anthony Johnson, o UFC se viu obrigado a promover a luta entre Anthony Pettis e Max Holloway para o status de Luta da Noite. Além disso, o Ultimate confirmou também que o duelo agora passa a valer pelo cinturão interino da categoria dos penas. Sendo assim, José Aldo volta a ser o campeão linear da categoria. Como consequência disso, Conor McGregor se viu obrigado a abdicar de seu cinturão, uma vez que preferiu seguir na categoria peso-leve, onde sagrou-se campeão ao nocautear Eddie Álvarez.

Sendo assim – agora sem ter que esperar por McGregor – José Aldo agora espera o vencedor do duelo entre Pettis e Hollaway para saber quem enfrentará na luta que valerá a unificação dos cinturões. Já para Conor McGregor, a tendência é que o irlandês agora concentre os seus esforços na divisão dos leves. Conor se tornou campeão da categoria ao nocautear Álvarez e o russo Khabib Nurmagomedov surge como um provável próximo adversário para o Notorious.

Anthony Johnson, que enfrentaria Daniel Cormier em luta que valeria o cinturão dos pesados, chegou a ser oferecido um duelo com Gegard Mousasi, que valeria o cinturão interino da categoria. Rumble, no entanto, recusou o convite e preferiu esperar pela recuperação de Cormier.

Foto: José Aldo volta a ser o campeão linear dos penas no UFC.

Aldo se torna campeão linear dos penas
Votar