Alex Cowboy nocauteia Will Brooks em Portland

Em sua despedida da categoria dos leves – subiu para os meio médios – o brasileiro Alex Cowboy superou os problemas para bater o peso e nocauteou o americano Will Brooks, já no final do terceiro round. Os dois, que trocaram provocações antes e durante a luta, fizeram um grande duelo, muito disputado. Quando a decisão parecia que iria para a mão dos jurados, o Cowboy derrubou Brooks e maltratou o ex-campeão do Bellator no ground and pound até a interrupção do árbitro.

– A luta foi muito boa. Fizemos uma grande luta. Ele é ranqueado. Ele me insultou sem eu ter feito nada por ele. Eu queria pedir desculpas por não ter batido o peso ontem. Eu sempre respeitei os meus adversários. Tenho 49 lutas na carreira e sempre bati o peso. Foi a primeira vez que isso aconteceu. Ele me atacou e xingou até a minha mãe. Com isso não se brinca. Agora vou para o 77k, porque o peso está difícil bater, estou maior. – disse o brasileiro, que conquistou a maior vitória da carreira.

O brasileiro ostenta agora um cartel com 16 vitórias, quatro derrotas e um empate como profissional de MMA. Já Will Brooks, ex-campeão do Bellator, vinha de nove triunfos consecutivos e perdeu apenas pela segunda vez na carreira em 20 confrontos.

Apesar da grande luta, ambos lutadores foram vaiados por protagonizarem uma “briga” no final do duelo. Depois do soar do gongo, o brasileiro fez gestos obscenos para Brooks, que respondeu jogando o seu protetor bocal em Cowboy.

Foto: Cowboy nocauteou Brooks em Portland (Zuffa LLC)