O UFC São Paulo, disputado no último final de semana, no Ginásio do Ibirapuera, terminou com gosto amargo para os brasileiros. Thominhas Almeida, Cezar Mutante, Serginho Moraes e Cláudia Gadelha fizeram as suas partes nas lutas preliminares, mas pelo Main Event da noite, o experiente brasileiro Rogério Minotouro foi nocauteado pelo americano Ryan Bader, no terceiro round da luta. Vale lembrar que esta foi a segunda vitória do veterano Bader diante de Minotouro, uma vez que o americano já havia batido o brasileiro, em 2010, na época venceu por pontos.

– Eu almejo ainda uma disputa de cinturão. Tenho conversado com o UFC e vou renovar. Não vejo ninguém mais merecedor do que eu no top 5 da categoria. – disse logo após a vitória Ryan Bader, que cumpriu a última luta de seu atual contrato com o UFC.

O americano falou um pouco também sobre o adversário e tratou de elogiar Rogério Minotouro, a quem classificou como “muito duro”.

Minotouro é sempre muito duro, mas me surpreendeu hoje como ele foi duro mais uma vez. Me acertou bons golpes no primeiro round. Fui paciente e melhorei muito no terceiro round, consegui o nocaute. – falou o americano, já na coletiva de imprensa pós-luta.

Esta foi a 22ª vitória da carreira de Ryan Bader, que perdeu apenas cinco vezes como profissional de MMA. Já Rogério Minotouro, que vinha de nocaute sobre Patrick Cummins, perdeu pela terceira vez em suas últimas quatro lutas. O brasileiro sofreu o oitavo revés da carreira, que conta ainda com 22 triunfos.

Foto: Bader derrotou Minotouro em São Paulo

Bader atropela Minotouro em São Paulo
Votar