Pelo Main Event do UFC São Paulo, disputado no Ginásio do Ibirapuera, o americano Derek Brunson atropelou o brasileiro Lyoto Machida. Com um nocaute avassalador, logo no segundo minuto do primeiro round, Brunson não deu chances ao Dragão, que retornava ao UFC após uma suspensão de dezoito meses. Esta foi a terceira derrota consecutiva de Lyoto, que vive fase complicada. Já Brunson engatou a segunda vitória consecutiva e sonha em enfrentar Luke Rockhold, segundo colocado no ranking dos médios.

Faixa preta no caratê e mestre em contra-golpes, Lyoto entrou com a estratégia de sempre. O brasileiro deixava o americano dominar a luta e buscava uma brecha para contra golpear. Acontece que Brunson acertou um cruzado de esquerda que derrubou Lyoto, logo no segundo minuto da luta. Com o brasileiro caído, Derek Brunson aplicou ainda uma pesada sequência em um já entregue Lyoto Machida, vencendo por nocaute, de maneira avassaladora.

Diferentemente de Colby Covington, que venceu Demian Maia, ofendeu o Brasil e foi muito vaiado pela torcida presente no Ibirapuera, Derek Brunson foi aplaudido pela torcida, tratou Lyoto com respeito e desafiou Luke Rockhold.
Lyoto sempre será Lyoto. Ele pode perder um pouco o gás e o timing, mas sempre terá a sua habilidade. É muito bom vencer uma lenda do esporte como ele. Eu esperei para entrar no momento certo. Cadê você, Luke Rockhold? Eu quero te enfrentar. – declarou Derek Brunson, ainda no octógono.

Surpreso com nocaute relâmpago, Brunson pede luta com Rockhold

Foto: Derek Brunson atropelou Lyoto Machida em São Paulo. (Foto: Getty Images)

Nem Derek Brunson não esperava que seu confronto com Lyoto Machida fosse terminar tão rápido. Na luta principal do UFC São Paulo, o americano encarou o veterano brasileiro e atropelou Lyoto, com um fulminante nocaute, com apenas 2m30s do primeiro round, calando a torcida que lotou o Ginásio do Ibirapuera para prestigiar Lyoto. O brasileiro não lutava há quase dois anos, já que estava suspenso, mas o americano garante que não esperava que fosse vencer com tanta facilidade.

O Lyoto Machida é um cara que não tem muitos buracos em seu jogo. Ele é muito experiente e está na ativa há muito tempo. Eu realmente não esperava um término tão rápido. Mas eu sabia que não queria deixar a luta ir para a decisão dos juízes. Eu gosto muito do Brasil, foi uma grande experiência. É claro que os fãs vão apoiar o lutador da casa, não esperaria nada diferente. Mas como eles não podem entrar no octógono, não faz diferença para mim. – declarou Brunson.

Logo depois de nocautear Lyoto Machida, Derek Brunson aproveitou o momento para desafiar o número 2 da categoria dos médios, Luke Rockhold.
Rockhold é um cara de alto nível e acho que seria uma grande luta. Eu posso acertá-lo, testar aquele queixo. Posso derrubá-lo também. Uma vitória sobre ele me deixa mais perto da chance de disputar o título. – completou Derek Brunson, hoje número 7 do ranking da categoria.

Fique de olho nas noticias do UFC e ganhe seu bônus de 100%!

Votar