Por essa Donald Cerrone não esperava. Lutando em casa, no Co-Main Event do UFC Denver, diante de Jorge Masdival, o “Cowboy” foi nocauteado no segundo round do duelo, amargando a sua primeira derrota na divisão dos meio-médios. Ele estava invicto na divisão, com quatro vitórias consecutivas. Esta foi a oitava derrota de Cerrone em 41 lutas. Já Masdival conquistou a maior vitória de sua carreira, e de quebra, ainda engatou três vitórias seguidas no UFC. Foi a 32ª vitória do floridiano em 43 lutas na carreira.

O primeiro round do duelo foi bem equilibrado durante a maior parte do tempo. Provocativo, Masdival tentava medir a distância, castigando Cerrone com chutes baixos e jabs potentes. O Cowboy reagia com contragolpes, mas foi pego de surpresa no final do assalto, quando Masdival conectou uma linda sequência de golpes no Cowboy, que foi salvo pelo gongo.

Mantendo o ritmo imprimido no final do primeiro round, Masdival começou com tudo no segundo assalto. Com uma potente direita, ele derrubou Cerrone e logo partiu para a definição, até que Herb Dean separou os dois, decretando a vitória de Masdival por TKO em Denver.

Jorge Masdival revela conversa com avó de Cerrone

O peso meio-médio americano Jorge Masdival conquistou no último final de semana, a maior vitória de sua carreira. No Co-Main Event do UFC Denver, o lutador de 32 anos nocauteou o seu compatriota Donald Cerrone, um dos principais nomes da divisão. Apesar disso, o lutador mostrou bom coração na entrevista coletiva pós-luta, dizendo que uma conversa que teve com a avó de Cerrone – que acompanhou a luta a beira do octógno – o “quebrou”.

Eu tive uma conversa com a avó de Cerrone e ela me quebrou. Após a luta ela veio até mim e disse que ninguém havia nocauteado o neto dela desta forma. Eu tento ser um cara durão, mas essas coisas me pegam de jeito. Não gosto de bater em alguém em frente a sua avó. Eu também tenho família, tenho filhos, não consigo me imaginar vendo meus filhos em uma situação como essa. Isso me machuca por dentro. – disse Masdival, na entrevista coletiva pós-luta, em Denver.

Masdival também tratou de elogiar Donald Cerrone, a quem nocauteou logo no começo do segundo round. O americano elogiou o rival por aguentar muitos golpes no primeiro assalto.

Eu sabia que ele voltaria cauteloso para o segundo round, depois do que aconteceu no primeiro. O cará é um guerreiro. Não existem muitos caras que voltariam para a luta depois dos golpes que eu acertei no primeiro round. Ele deu tudo o que tinha. Tenho todo o respeito do mundo por Donald Cerrone. – completou Jorge Masdival.

Foto: Jorge Masdival superou Donald Cerrone em Denver. (Josh Hedges/Zuffa LLC)

Cerrone é surpreendido e cai para Masdival no Texas
Votar