Cerrone pensa em Alvarez

Donald Cerrone mostrou que vive mesmo grande fase no UFC. Recuperado de derrota para Rafael Dos Anjos, em luta que valia o cinturão dos leves, em dezembro do ano passado, o Cowboy engatou a sua terceira vitória seguida na organização, ao nocautear o experiente Rick Story no segundo round de uma das lutas principais do UFC 202, disputado no último final de semana em Las Vegas.

Em apenas a sua segunda luta depois de dois anos afastado do UFC, Rick Story sentiu a falta de ritmo. O americano, que vinha de vitória diante de Tarec Saffiedine, foi dominado por Donald Cerrone, que controlou o primeiro round, levando a luta para o chão, tentando encaixar posições e depois acertando uma boa combinação em pé já no final do assalto.

No segundo round, Cerrone continuou lutando melhor e quando achou uma brecha terminou com a luta. Cowboy acertou um lindo chute alto, que cambaleou Story. Com o compatriota desequilibrado, Cerrone foi para cima e com mais dois socos, liquidou a fatura, forçando a intervenção do árbitro Herb Dean e vencendo por TKO.
Apesar da grande fase nos pesos meio-médios, onde conquistou três vitórias (com três prêmios por performance da noite), Cerrone admitiu após a luta que gostaria de voltar a lutar pelos leves, uma vez que mira a disputa de cinturão, que no momento pertence a Eddie Alvarez.

– Acho que vou voltar ao peso-leve. O Eddie Alvarez tem algo que eu quero, algo que me pertence. Gostaria de lutar no Madison Square Garden, em Nova York, eu contra o Eddie, o que acham disso? – pediu o veterano Cowboy Cerrone, após mais uma vitória convincente.

Foto: Chute alto de Cerrone derrubou Rick Story.

Cerrone nocauteia Story e mira luta com Alvarez
Votar