Perfeito tecnicamente e sem tomar sustos, o americano Demetrious Johnson defendeu com sucesso pela sexta vez o cinturão dos moscas do UFC. O adversário desta vez foi o japonês Kyoji Horiguchi, que acabou sendo finalizado literalmente no último segundo de uma luta que vinha sendo facilmente dominada pelo americano. Com o triunfo, o campeão dos moscas chega a 22 vitórias em 25 lutas na carreira. Já o japonês sofreu apenas o seu segundo revés em 17 lutas.

Japonês começa bem, mas logo é controlado por Johnson

Tentando surpreender o campeão, o desafiante Kyoji Horiguchi começou bem a luta. Bastante elétrico, o japonês partiu para cima, chegou a conectar bons golpes e conseguiu até derrubar Demetrious Johnson no primeiro assalto. Em seu melhor momento na luta, o desafiante chegou a balançar o campeão com uma boa direita, mas não foi o suficiente para derrubá-lo.
O segundo assalto foi bastante equilibrado. Assim como no primeiro, o japonês partiu para cima do americano e chegou a derrubá-lo novamente, com uma boa sequência. Nos minutos finais, porém, cansou e foi controlado pelo americano, em round que terminou empatado.

No terceiro round, Demetrious começou a tomar o controle da luta e com maior concentração, encaixou bons golpes em Horiguchi. No final do round, chegou a derrubar o japonês e tentou uma finalização, sem sucesso. O quarto round foi parecido, com o campeão dominando as ações ofensivas. Cansado, Horiguchi parecia não ter mais o ímpeto do começo da luta e virou presa fácil para o campeão.

O último assalto foi dominado pelo campeão. Logo no começo do assalto, Johnson levou Horiguchi para o chão e passou a controlar o japonês. Quando parecia que a luta se encaminharia para uma decisão dos jurados, o americano surpreendeu, ao encaixar uma espetacular chave de braço nos segundos finais do combate. O japonês não aguentou a pressão e bateu no último segundo.

lutas

Com uma chave de braço no final do quinto round, Demetrious Johnson reteve o cinturão dos moscas.

Com finalização no último segundo, Demetrious Johnson mantém o cinturão dos moscas
Votar