McGregor enfrenta Eddie Alvarez

Campeão da categoria dos penas do UFC, Conor McGregor sonha alto. Prova disso é que daqui a três semanas, em Nova York, o polêmico irlandês lutará com Eddie Álvarez, em duelo válido pelo cinturão dos leves da organização. Caso vença o rival no UFC 205, Conor McGregor fará história ao ser o primeiro lutador da história do UFC a ser campeão de duas categorias ao mesmo tempo.

O problema é que segundo Dana White, o irlandês não poderá deter os dois cinturões ao mesmo tempo. Conor teria então, que abrir mão de um de seus hipotéticos cinturões. Sempre polêmico, o falastrão surpreendeu ao acatar a decisão do chefe.

– Eu só peço que me deixem ver as minhas fotos com os dois cinturões, um em cada ombro. Me deixem sair do octógono e levantar meus dois cinturões. Me deixem fazer isso antes e depois podem tomar um deles. – disse o irlandês em coletiva de imprensa para promover o UFC 205, que acontece no dia 12 de novembro no Madison Square Garden, em Nova York.

Além de promover a sua próxima luta, o irlandês também não poderia deixar de cutucar o velho rival, José Aldo, que está prestes a anunciar a sua aposentadoria do MMA.

Eu não acho que o José Aldo queira a revanche. Acho que ele está feliz com essa rixa, é uma desculpa para ele sair. Eu o nocauteei, ele voltou, ganhou uma luta por decisão e conquistou o título interino. Ele quer se separar, quer ter essa rixa. Não quer isso de novo. – garantiu Conor McGregor.

Foto: Conor McGregor enfrenta Eddie Alvarez em Nova York pelo cinturão dos leves do UFC.

Conor admite abrir mão de um dos cinturões e cutuca Aldo
Votar