Péssima notícia para Jon Jones. O resultado da contraprova do exame antidoping do lutador americano foi divulgado hoje pela USADA e confirmou que o agora ex-campeão dos meio-pesados testou positivo para turinabol, substância proibida pela agência antidoping dos Estados Unidos. Com isso, a Comissão Atlética do Estado da Califórnia confirmou que a vitória de Jones sobre Daniel Cormier no Main Event do UFC 214 foi anulada e o resultado da luta foi alterado para um “No Contest”.

A luta entre Cormier e Jones aconteceu em julho deste ano, em Anaheim, na Califórnia e valia o cinturão dos meio-pesados, que na época pertencia à DC. Jones acabou vencendo com um nocaute avassalador, mas pouco tempo depois, foi divulgado que ele havia falhado no exame antidoping, onde foi acusado a presença de esteroides no organismo do americano.

Com o doping confirmado e o resultado da luta alterado, o UFC decidiu nesta quarta-feira devolver o cinturão da categoria a Daniel Cormier. Vale lembrar que esta é a terceira vez que o UFC destituiu Jon Jones de um cinturão. A primeira foi em 2015, quando Bones foi preso por causar um acidente e fugir da cena. A segunda vez foi em 2016, quando ele também falhou no doping. Na ocasião, ele testou positivo por bloqueadores de estrogênio em seu organismo.

¡Acompanhe as lutas do UFC de perto e ganhe bônus!

Contraprova confirma doping de Jones
Votar