Conor McGregor fez o seu melhor e aguentou 10 rounds diante de Floyd Mayweather, na superluta entre os dois, que aconteceu no final de agosto. Vale lembrar que pairava sobre o irlandês a dúvida se ele perderia o controle de si mesmo e aplicaria um golpe ilegal de MMA no adversário, caso ficasse frustrado com o rumo da luta. Apesar disso, Conor mostrou controle e em nenhum momento ameaçou qualquer golpe que não fosse absolutamente legal nas regras do boxe. Agora, o autocontrole do irlandês tem uma explicação mais lógica: ele teria que pagar uma multa milionária caso atingisse Mayweather com um golpe ilegal.

Robert Byrde, o juiz da luta, me disse que se eu ao menos levantasse a perna, perderia um ponto. Perguntei como poderia me tirar um ponto sem uma advertência antes, mas ele insistiu que faria isso mesmo assim. Se eu fosse desclassificado, por qualquer motivo, eu teria que pagar uma multa de 10 milhões de dólares. – disse Conor durante entrevista realizada em Glasgow, na Escócia.

Vale lembrar que nesta semana, Conor McGregor garantiu que o seu próximo compromisso será no UFC, onde pretende defender o cinturão dos leves, ainda sem um adversário definido. A expectativa é que o irlandês possa fazer uma trilogia com Nate Diaz. Existe ainda a possibilidade de McGregor enfrentar o vencedor do duelo entre Tony Ferguson e Kevin Lee, que se enfrentam no UFC 216.

Não perca as noticias dos melhores lutadores e receba 100% em bônus!

Votar