Cris Cyborg enfim se tornou campeã do UFC. Invicta em 12 anos de carreira e com um cartel quase perfeito de 18-1, a brasileira superou a americana Tonya Evinger com um nocaute no terceiro round do duelo e levou o cinturão dos penas, na divisão feminina do UFC. A brasileira dominou a luta durante os três rounds e venceria por pontos, mas conseguiu conectar uma boa sequência de golpes para nocautear a americana aos 1m56s do terceiro round de uma das lutas principais do UFC 214, disputado em Anaheim, na Califórnia.

Eu não tenho palavras para descrever isso. Obrigada a todos os meus fãs por me apoiarem tanto. Muitas coisas aconteceram na minha carreira. Antes eu entrava como uma louca dentro do cage, mas agora eu estou aprendendo a lutar com mais calma, de forma mais segura. Estou muito feliz e prometo fazer grandes lutas dentro desse octógono. Eu estou apenas começando. – disse uma emocionado Cris Cyborg, após receber o cinturão.

Profissional de MMA desde 2005, Cris Cyborg venceu pela 18ª vez em 20 lutas na carreira, que conta ainda com uma derrota e um No Contest. Esta foi apenas a terceira luta de Cyborg pelo UFC. Antes de superar Evinger, a brasileira já havia passado pela sueca Lina Lansberg e pela americana Leslie Smith, sempre por nocaute.

Lawler derrota Cerrone em grande luta no UFC 214

Cerrone derrotado ante Lawler

Em uma das mais esperadas lutas da noite, Robbie Lawler e Donald Cerrone protagonizaram uma grande batalha, em uma das lutas que abriu o Main Card do UFC 214, em Anaheim, na Califórnia. Dois dos principais nomes da categoria meio-médio do UFC ficaram frente a frente e não deixaram a desejar. No final, melhor para Robbie Lawler, que venceu Donald Cerrone na decisão unânime dos jurados, com um triplo 29-28.

Ex-campeão da categoria, Lawler começou com tudo o duelo diante do veterano Cerrone. Logo após o início da luta, ele já pegou o compatriota em um clinch e desferiu potentes joelhadas no adversário. Em desvantagem, o Cowboy passou a apostar nas tentativas de queda e chegou a derrubar o Lawler e o castigou até que o ex-campeão conseguiu sair da incômoda posição.
Depois de um grande primeiro round, Lawler pareceu cansado no segundo e viu Cerrone crescer no combate. Uma boa combinação de golpes quase derrubou o adversário, que titubeou. Mais incisivo, o segundo round foi de Cowboy.

No terceiro e decisivo round da luta, Lawler voltou a sua melhor forma e acertou um belo chute alto em Cerrone, que respondeu com golpes na linha de cintura do adversário. O ex-campeão imprimiu o ritmo durante todo o assalto. Cerrone voltou a tentar derrubar Lawler, mas dessa vez não obteve sucesso. A luta terminou como começou, com os dois trocando golpes contundentes, sob aplausos da satisfeita torcida em Anaheim.

Em sua 40ª luta como profissional de MMA, Robbie Lawler chegou a 28 vitórias na carreira. O americano só perdeu duas vezes desde que estreou pelo UFC, no início de 2013. Já Donald Cerrone perdeu pela segunda vez consecutiva e sofreu o nono revés em sua carreira de 42 lutas.

Foto: Cyborg derrotou Evinger e conquistou o cinturão no UFC. (Foto: USA Today Sports)

Cyborg vence Evinger leva título dos penas no UFC
Votar