Dana descarta revanche imediata de Aldo e discute próxima luta de Conor

Foto: Dana White descartou uma revanche imediata entre José Aldo e Conor McGregor.

Apesar da súplica de José Aldo por uma revanche imediata diante do algoz Conor McGregor, o chefão do UFC, Dana White, parece ter outros planos em mente. Ao que parece, Dana trabalha com dois cenários possíveis para o novo campeão dos pesos-penas, mas infelizmente para José Aldo, nenhum deles indica uma revanche com o brasileiro.

Existem dois cenários existentes para Conor McGregor, uma vez que ainda não se sabe ao certo se ele permanecerá na divisão dos penas. Isso porque existe a possibilidade de o falastrão irlandês subir de vez para a divisão dos leves, como vinha sendo especulado recentemente.

Caso ele não suba de divisão e continue lutando pelos pesos-penas, o campeão agora deverá ter pela frente o americano Frankie Edgard. O veterano, ex-campeão dos leves, desceu recentemente para o peso pena e vem em grande fase desde então. “The Answer” vem de cinco vitórias seguidas, a última delas um nocaute fulminante sobre Chad Mendes. Por conta disso, Dana White prometeu a Frankie que ele receberá uma chance de disputar o cinturão dos penas. Ou seja, se Conor McGregor continuar na divisão, devemos ter um duelo entre McGregor e Edgard pelo cinturão.

O cenário B, é bastante diferente. Caso McGregor opte por subir de categoria e lutar entre os leves, aconteceria o seguinte: Conor enfrentaria o vencedor do duelo entre Rafael dos Anjos x Donald Cerrone, pelo cinturão dos leves. O cinturão dos penas, por sua vez, ficaria vago e aconteceria uma luta entre José Aldo e Frankie Edgard pelo cinturão vago.

Dana White explicou tudo de maneira curta e grossa na coletiva de imprensa, pós-UFC 194, que aconteceu na madrugada do último sábado, em Las Vegas.
– Depende do que Conor quiser fazer. Se ele subir para os leves, lutará contra o vencedor de Dos Anjos x Cerrone. Já o cinturão dos penas ficará vago e faremos Frankie Edgard x José Aldo pelo título. Se ele não subir, Conor enfrenta Edgard e arranjaremos outra pessoa para enfrentar o Aldo. – explicou o chefão do UFC.

A decisão do mandatório do UFC certamente frustrará o brasileiro José Aldo, que estava esperançoso pela realização de uma revanche imediata diante de Conor McGregor.

Dana descarta revanche imediata de Aldo e discute próxima luta de Conor
Votar