Chefão do UFC, Dana White nunca escondeu a sua admiração por Jon Jones. Por diversas vezes, o presidente da organização rasgou elogios ao ex-campeão dos meio-pesados, a quem constantemente chamou de “um dos maiores da história” do MMA. Mais uma vez afastado do UFC e destituído do cinturão, por falhar no exame antidoping mais uma vez, Bones voltou a ser citado por Dana White. Mais uma vez, Dana tratou de exaltar o talento de Jones, mas o chefe não escondeu a sua decepção com o pupilo, afirmando que o americano está desperdiçando todo o seu talento.

Ele é o maior talento desperdiçado da história. De todos os esportes. Ele é tão talentoso e privilegiado. Só Deus sabe onde ele estaria agora se não se metesse em tantos problemas. Ele poderia ser campeão do peso-pesado. Poderia ter um recorde inquebrável em defesas de título. E por aí vai. São muitas coisas que Jon Jones poderia estar fazendo. – declarou Dana White, em entrevista a um programa de TV americano.

Apesar dos elogios, a paciência de Dana White com Jon Jones parece ter acabado. O chefão do UFC não mostrou muita preocupação ao comentar a situação de Jones, que pode ser suspenso por até quatro anos.

O que tiver que acontecer, vai acontecer. Acredite em mim, eu não estou mais mental ou emocionalmente envolvido com isso. – completou Dana White.

Dana diz “Jon Jones é o maior talento desperdiçado da história”
Votar