Dana se negou a liberar Aldo

A briga entre José Aldo e o UFC promete esquentar ainda mais nos próximos dias. Após criticar a organização e principalmente o presidente Dana White, José Aldo disse que tomou a irreversível decisão de abandonar a organização, pedindo que o UFC cancele o seu contrato. Quem não gostou nada disso foi Dana White, que tratou de minimizar as declarações do brasileiro, garantiu que não o liberará de seu contrato e reforçou que irá “arrumar algo para ele”.

– Não vamos cancelar o contrato do Aldo. A gente sabe que ele se emocionou muito e o respeitamos. Gosto muito dele e de sua família, de todos em volta dele. Khabib queria uma luta nesse card e nós conseguimos uma vaga para ele. Vamos arrumar algo legal para ele também. – garantiu o chefão do UFC.

Dana falou também que caso McGregor vença Alvarez, no evento principal do UFC 205, no dia 12 de novembro, em Nova York, o irlandês precisará escolher de qual título abrirá mão.

Caso Conor vença, ele não pode ficar com dois cinturões. A gente ainda tem que falar sobre isso, mas quando ele lutar no dia 12, ele vai ter que decidir com qual cinturão ele vai ficar, caso ele ganhe. – completou Dana White.

Dana ainda terá muito trabalho para convencer José Aldo, no entanto, uma vez que o brasileiro falou em tom irreversível de sua decisão de deixar o UFC e falou até que gostaria de se aposentar do MMA e seguir um novo rumo na vida.

Foto: Dana se negou a liberar Aldo do UFC e garantiu que encontrará algo para o brasileiro.

Dana diz que não vai liberar o Aldo
Votar