De volta ao UFC após quase quatro anos, o canadense Georges Saint-Pierre parece ainda sonhar com voos altos na organização. Ainda sem uma data confirmada para o seu retorno, mas com uma luta diante do campeão dos médios, Michael Bisping, já alinhada, GSP garante que a sua intenção neste retorno é provar a todos que ele é o maior lutador da história do MMA.

Eu ando com cerca de 84kg e vou lutar na categoria de até 84kg agora. Muitos caras do peso-leve são mais pesados em períodos fora de luta do que eu estou agora. É possível que eu lute nessas três categorias (leves, meio-médios e médios). Voltei por uma razão: eu quero fazer história. Vou completar 36 anos e tenho que ver como tudo vai ser. Não quero lutar até os 40 e poucos anos. Serão minhas últimas lutas e quero escolher elas a dedo, com muito cuidado. Quero fazer as maiores lutas possíveis. Essas próximas lutas vão pavimentar meu legado como o melhor de todos os tempos. Talvez eu falhe, mas mesmo se falhar, não vou me arrepender de ter tentado, quando for mais velho. – disse um consciente GSP, em entrevista ao site americano The MMA Hour.

Apesar de garantir que quer fazer grandes lutas nestes seus últimos anos de carreira, GSP evitou falar em nomes para possíveis adversários. A única certeza no momento é que a próxima luta do canadense será diante de Michael Bisping, pelo cinturão dos médios do UFC.

Tenho muitos cenários na cabeça. Eu aprendi no passado que eu pensava em muitas coisas. Era um de meus maiores problemas, eu tinha dificuldade em puxar o gatilho. Pensava demais. Quando você pensa demais, as coisas não acontecem como você quer. – concluiu o canadense.

Bisping dá ultimato a GSP e fala em possível luta com Romero

Surgiu nos últimos dias um rumor nos bastidores do UFC de que o canadense Georges Saint-Pierre – de volta ao MMA após quase quatro anos – estaria tentando adiar em alguns meses a já confirmada disputa de cinturão com Michael Bisping. Ainda sem data definida, ficou entendido que Bisping e GSP se enfrentariam entre junho e julho, pelo cinturão dos médios do UFC. Ao que parece, o canadense estaria pensando em voltar a lutar apenas em setembro ou outubro, fato que irritou Bisping.

Parece que GSP está tentando adiar a nossa luta. Ouvi rumores nesses dias que ele queria me enfrentar somente em setembro ou outubro. O UFC me confirmou isso. Vou deixar algo bem claro para ele. Se Georges quiser me enfrentar em outubro, que ache outro adversário porque quem dá as cartas aqui agora sou eu. Não quero parecer um babaca, mas o cinturão é meu. Sou o campeão e não posso ficar sentado até outubro. Essa luta foi planejada em fevereiro e o camp dura oito semanas. Lutar em outubro é ridículo. 8 de julho é a data. Posso ser flexível e ir um pouco além dessa data, se necessário, mas eu quero lutar no dia 8 de julho. Saint-Pierre, dê um jeito. Para de fazer p….. e vamos lutar. Assine os papéis. É simples assim. – disse o campeão.

Caso a luta com GSP seja de fato adiada, Bisping garantiu que não teria problema nenhum em enfrentar Yoel Romero, que vive grande fase e já vem sendo especulado há algum tempo como o próximo lutador a receber a chance de disputar o cinturão dos médios.

Se ele não estiver pronto, acho que o Yoel Romero receberá a chance. Eu não tenho medo do Romero. Não vou esperar GSP durante um ano. Posso fazer duas lutas nesse período e ganhar a mesma quantidade de dinheiro. – completou o veterano inglês.

Foto: Georges Saint-Pierre quer se tornar o melhor da história do MMA.

De volta, GSP mira alto: “Quero ser o melhor de todos os tempos”
Votar