Maia vence e pede cinturão

A fase de Demian Maia é realmente espetacular. Em grande forma na categoria dos meio-médios, o brasileiro engatou a sua sexta vitória seguida no último final de semana. A vítima da vez foi o veterano Carlos Condit, que acabou sendo mais um a cair no mata-leão do brasileiro, ainda no primeiro round do duelo. Foi, aliás, a derrota mais rápida da carreira do americano, que foi finalizado com menos de dois minutos de luta.

Com seis vitórias consecutivas no seu cartel e tendo derrotado nomes de respeito na categoria, como Carlos Condit, Matt Brown, Rick Story e Gunnar Nelson, Maia acredita que chegou o momento de ele receber a tão sonhada chance de disputar o cinturão da categoria dos meio-médios.

– Agora eu tenho seis vitórias seguidas, ganhei de um ex-campeão da categoria, que nocauteou todos que o enfrentaram. Acho que mereço a chance de disputar o cinturão. Eu vi de perto a luta de Condit contra Robbie Lawler, vi como ele lutou. Tenho todo o respeito do mundo pelo Carlos Condit, ele é um guerreiro. Agora eu espero o vencedor da luta entre Tyron Woodley e Stephen Thompson. Eu luto pelo jiu-jitsu, que é maior do que qualquer país. – disse um emocionado Demian Maia, que chorou muito após mais uma vitória no UFC.

Já Carlos Condit, por sua vez, não escondeu a decepção em ser finalizado com menos de dois minutos de luta e chegou até a deixar no ar a possibilidade de se aposentar.

– Primeiro, meus parabéns ao Demian Maia. Tenho todo o respeito por ele como um artista marcial. Não tenho ideia do que acontecerá no futuro, vou me reunir com a minha equipe e conversar. O que aconteceu hoje não foi nada do que eu esperava. – falou um decepcionado Carlos Condit.

Foto: Demian Maia se emocionou após finalizar Carlos Condit.

Demian Maia finaliza Condit e pede luta por cinturão
Votar