Pelo Co-Main Event do UFC 217, disputado no Madison Square Garden, em Nova York, TJ Dillashaw vingou-se do ex-companheiro de equipe Cody Garbrandt e reconquistou o cinturão dos galos, com um avassalador nocaute no segundo round do duelo. Com a vitória, o americano recupera o cinturão dos galos, que ele havia perdido ao ser superado por Dominick Cruz, há quase dois anos. Garbrandt, por sua vez, havia tomado o cinturão de Cruz em dezembro de 2016.

A luta prometia ser quente antes mesmo de acontecer. Tudo porque os dois foram envolvidos em uma polêmica neste último ano. Os dois eram amigos e companheiros de equipe, até que TJ Dillashaw resolveu trocar de equipe, se mudando para o Colorado. Garbrandt não gostou da escolha de TJ e criticou duramente o ex-companheiro, a quem chamou de traidor. Os dois, inclusive, se recusaram a tocar as luvas antes do início da luta.

Apesar de toda a promoção e expectativa da luta, o primeiro round foi muito estudado, de pouca ação e deixou a desejar. No segundo assalto, porém, a luta explodiu. Confiante, Garbrandt encurtou a distância e partiu para cima. Ao se esquivar de um chute alto de TJ, provocou o adversário, imitando um toureiro. Dillashaw foi se soltando e em troca franca de golpes, acertou um direto no adversário, que caiu. Com Garbrandt caído, Dillashaw foi para cima e deu seguidos golpes na cabeça do campeão, até a interrupção do árbitro, vencendo por TKO.

Logo após a interrupção do árbitro, TJ olhou nos olhos de Garbrandt e soltou um berro. Cody, como era de se esperar, não gostou da atitude do rival e os dois tiveram de ser separados. Pouco depois, porém, os dois se cumprimentaram e trataram de encerrar a rivalidade.

Novo campeão dos galos, TJ Dillashaw agora parece sonhar com voos mais altos e desafiou Demetrious Johnson, campeão dos moscas do UFC.

Demetrious Johnson, eu estou indo atrás de você. Você fugiu de mim, mas eu vou atrás de você e acabar com seu recorde. – disparou o campeão dos galos.

Siga cada luta do seu esporte favorito e vença!

Dillashaw nocauteia Garbrandt e recupera o cinturão dos galos
Votar