A antecipada luta entre TJ Dillashaw e Renan Barão, válida pelo cinturão dos galos, não irá mais acontecer, ao menos por enquanto. O americano sofreu uma lesão na costela e não estará em condições de lutar. O duelo seria o evento principal do UFC 186, marcado para o dia 25 de abril.

A contusão aconteceu durante um treino na última semana e foi confirmada por Dana White. Ainda não há previsão de quando Dillashaw estará apto a lutar novamente e ainda não se sabe se Renan Barão continuará no card do UFC 186, aonde poderia enfrentar outro oponente.

O campeão dos galos usou sua conta no Instagram para explicar o ocorrido e pedir desculpas pelo imprevisto.

– Primeiramente, quero pedir desculpas aos fãs a todos que estavam ansiosos pela luta. Infelizmente, tive que me retirar da luta devido a uma lesão na costela. Foi um acidente bizarro durante um treinamento de wrestling. É frustrante para mim porque nunca quero ser o cara que deixa uma luta. Vou me recuperar rapidamente e voltar o mais rápido que puder. Obrigado pelo apoio. – declarou TJ Dillashaw.

Decepcionado com o adiamento da luta, Renan Barão se mostrou incomodado com o acontecimento e garante que Dillashaw pode correr, mas não poderá se esconder.

– É uma pena pois estava me preparando da melhor forma possível para essa luta. Só tenho uma coisa a dizer: Dillashaw, você pode correr, mas não pode se esconder. Sua hora vai chegar. Sem fugir, ou eu farei você engolir suas palavras. Estou esperando. – garantiu o brasileiro.

O UFC 186 agora terá o duelo entre Demetrious Johnson e Kyohi Horiguchi, válido pelo cinturão dos moscas, como o evento principal. O co-main event será o duelo entre Quinton “Rampage” Jackson e Fábio Maldonado.

lutas

TJ Dillashaw fraturou a costela e está fora do UFC 186. (Foto: Josh Hedges/UFC)

Dillashaw se machuca e luta contra Barão é cancelada
Votar