TJ Dillashaw deu um passo importante em seu objetivo de voltar a ser o campeão dos galos no UFC. Ex-campeão da categoria, o americano venceu, com certa facilidade, o brasileiro John Lineker, número 2 da categoria e outro que sonhava com a disputa de cinturão. Irreconhecível, o brasileiro lutou muito aquém do esperado e foi presa fácil para o americano, que venceu na decisão unânime dos jurados, com triplo 30-26.

Esta foi a segunda vitória consecutiva de TJ Dillashaw depois de perder o cinturão para Dominick Cruz, em janeiro de 2016. Antes de bater Lineker, TJ havia passado por outro brasileiro, Raphael Assunção. Já John Lineker, que sonhava em disputar o título em sua próxima luta, deu um passo atrás na categoria. O brasileiro vinha de seis vitórias consecutivas.

Ex-campeão da categoria dos galos, TJ Dillashaw aproveitou a vitória para pedir, ainda no octógono, uma chance de reconquistar o cinturão dos galos, que pertence hoje a Coby Garbrandt, que venceu Dominick Cruz, no mesmo card.

– Quero o cinturão de volta. Eu estou lutando com verdadeiros desafiantes ao título. Se eu não for o próximo a disputar o cinturão, saberemos que essa m…. é armada. – exaltou-se o ex-campeão.

Já na coletiva de imprensa pós-luta, TJ DIllashaw falou um pouco sobre a impressionante performance de Coby Garbrandt, que venceu Dominick Cruz por pontos e conquistou o cinturão dos galos.

– Fiquei impressionado com a performance do Coby. Achei que Cruz estaria na cabeça dele e atrapalharia a sua performance. Ele conseguiu mostrar muita personalidade e vencer. Ele disse algumas coisas duras após a luta, mas faz parte do jogo, provocar alguém que você vai enfrentar. – disse DIllashaw sobre o seu ex-companheiro de treinos Coby Garbrandt.

Dillashaw vence Lineker por pontos em Vegas
Votar