Dos Anjos alfineta McGregor Finalmente terei uma luta facil

Foto: Rafael Dos Anjos defenderá o seu cinturão diante de Conor McGregor.

A hora está chegando para o duelo que vale o cinturão dos leves, entre o brasileiro Rafael dos Anjos e o irlandês Conor McGregor. Prestes a enfrentar o irlandês, em duelo que acontecerá pelo Main Event do UFC 196, em Las Vegas, no dia 5 de março, o brasileiro esbanjou confiança e disse ainda que gostaria de agradecer a Dana e Lorenzo por finalmente terem lhe dado um duelo fácil.

– Estou focado para a luta da mesma maneira de sempre. Claro que é diferente, porque é uma grande luta. O adversário em si não é muito duro, mas mesmo assim é a maior luta da minha carreira, pela forma que ele vem falando e por causa de sua popularidade. Eu já enfrentei caras melhores que o Conor antes, como o Benson Henderson e o Donald Cerrone. Eles estão em outro nível em comparação a ele. São mais rápidos, mais fortes e mais técnicos.

Ainda não tive a chance de agradecer ao Dana durante a entrevista coletiva, porque o Conor não me deixou falar, mas eu gostaria de agradecer ao Dana e ao Lorenzo por finalmente terem me dado um duelo fácil. – alfinetou o brasileiro, que fará a sua segunda defesa de cinturão.

A entrevista foi dada ao programa americana de rádio “The MMA Hour” e nela, Dos Anjos aproveitou também para explicar porque não revidou as provocações de McGregor durante a entrevista coletiva promovendo a luta.
– Quando eu era menor, os meus pais sempre me disseram para eu não discutir com pessoas loucas, para deixá-las falar. Eu sou um cara frio, faço o meu trabalho e sei que a hora vai chegar para eu bater nele. Ele pensa que só porque usa roupas caras e dirige carros bacanas, é um cara de classe. Mas ele não tem classe, ele é baixo. Não levo para o lado pessoal porque ele é um ator.

Vou entrar no octógono e mandá-lo de volta para casa, para a sua divisão. Ele vai ter pesadelos sobre a divisão dos leves pelo resto de sua vida. – garantiu o brasileiro, esbanjando confiança.
O UFC 196 acontece no dia 5 de março, em Las Vegas. Além do duelo entre Rafael e Conor, o Card contará também com a disputa de cinturão peso galo feminino entre a atual campeã Holly Holm e a desafiante Miesha Tate.

Dos Anjos alfineta McGregor: “Finalmente terei uma luta fácil”
Votar