lutadores

Na melhor luta do último sábado, no UFC Chicago, o brasileiro Edson Barboza venceu o americano Paul Felder por decisão unânime dos jurados, em duelo válido pela categoria dos leves do UFC. Na segunda luta do Card Principal do evento, o duelo ganhou o prêmio de “luta da noite”. Com a vitória, Edson Barboza chegou à 16ª vitória em 19 duelos. Por outro lado, Paul Felder perdeu pela primeira vez em dez lutas na carreira.

Bastante equilibrado, a luta teve três rounds muito movimentados, de trocações constantes entre os dois lutadores. No final, melhor para o brasileiro, que se sagrou vitorioso com um triplo 29-28. Em boa fase, Edson Barboza aproveitou para pedir ao UFC uma luta com alguém acima dele no ranking da categoria, visando lutar pelo cinturão em um futuro próximo.
– Felder é um trocador excelente, mas eu treino com os melhores. Mal posso esperar para voltar outra vez ao octógono. Foi uma grande luta, contra um cara muito duro. Espero que para a próxima luta, o UFC me dê alguém acima de mim no ranking. Nunca me senti tão bem, quero mais guerra. – declarou Edson Barboza.

O brasileiro falou também que já esperava que a luta seria muito boa e já pensa no futuro e em maneiras de melhorar o seu desempenho.
– A luta foi como eu esperava. Treinei para uma guerra e foi isso que aconteceu. Foi uma grande luta. Agora vou voltar para academia, treinar e tentar voltar ainda melhor. – garantiu o brasileiro.

Como prêmio por terem realizado a “luta da noite” de acordo com o UFC, tanto Edson Barboza quanto Paul Felder ganharam U$ 50 mil cada, um bônus pelas suas performances. Apesar de ganhar uma bolada, o brasileiro confidenciou que ainda não sabe como irá gastar a grana extra.
– A ficha ainda não caiu, do bônus. Ainda não pensei no que eu vou fazer. Tenho um filho pequeno e preciso pensar no futuro dele. – afirmou Edson Barboza.

Na primeira luta do Card Principal, o americano Joe Lauzon nocauteou o japonês Takanori Gomi, ainda no primeiro round. Pelo Co-Main Event da noite, Maisha Tate venceu Jessica Eye, por decisão unânime dos jurados (Triplo 30-27). Na luta principal do UFC Chicago, o americano TJ Dillashaw voltou a vencer o brasileiro Renan Barão – outra vez por nocaute técnico – e manteve o cinturão dos galos.

Edson Barboza vence Paul Felder em Chicago
Votar