Daniel Cormer foi derrotado por Jon Jones na madrugada domingo 4 de Janeiro, perdendo a chance de se tornar campeão do UFC e perdendo também sua invencibilidade no MMA – o americano jamais havia sido derrotado no esporte. Na coletiva de imprensa pós-luta, o desafiante admitiu a derrota e diz que poderia ter lutado melhor.

– Eu trabalhei demais para tentar atingir o meu objetivo, que era ser campeão, mas infelizmente não aconteceu. Eu poderia ter lutado melhor. Meus treinadores sempre me dizem que eu luto melhor do que eu treino, mas hoje isto não aconteceu. Ele venceu a luta, eu sei disso. Não sei julgar direito, não importa se foi equilibrado ou não, mas eu sei que eu perdi. – afirmou Cormier. O desafiante aproveitou para dizer também que sua atuação abaixo do esperado no quarto round o custou a vitória, além de dizer que o bom poder de clinch de Jones o pegou de surpresa.

– Eu me preparei para quase tudo o que ele poderia oferecer. O que me surpreendeu foi o seu clinch, ele é enorme e soube controlar bem o clinch. No quarto round, eu descansei demais, não lutei no meu potencial naquele round e isso pode ter me custado a vitória. – admitiu o desafiante.
Emocionado, Cormier prometeu também que voltará a lutar com Jones, dizendo que o sonho de ser campeão do UFC continua vivo.
– Essa derrota não vai me arruinar. Já tive que reconstruir minha vida muitas vezes e desta vez não será diferente. Eu vou estar frente a frente com ele no cage de novo e vou acreditar que posso vencê-lo. Vou partir para cima dele. – analisou Cormier.

lutas.fw
Daniel Cormier sofreu sua primeira derrota como lutador de MMA

Emocionado, Cormier admite derrota e promote novo duelo com Jones
Votar