Floyd Mayweather e Conor McGregor passaram o último ano se xingando, trocando farpas, encaradas, xingamentos e chegaram até a quase sair na mão antes mesmo de ficarem frente a frente no ringue. Mas depois da esperada superluta entre os dois, que terminou com o americano nocauteando o irlandês no décimo round, tudo mudou. Os dois deixaram as provocações de lado, se abraçaram e trocaram elogios. Na coletiva de imprensa, o clima foi o mesmo, bastante cordial entre os dois agora ex-rivais.

Eu disse a ele que é um competidor muito duro, que fez uma boa luta e que deveria continuar fazendo o seu trabalho. Nós somos cavalheiros, mas na coletiva, o nosso trabalho é saber vender a luta. Eu sou o Money e ele é o Notorious. Nós fizemos uma turnê mundial em três países e muita gente achou que a nossa rivalidade era falsa. Nós realmente não gostávamos um do outro e provavelmente ainda não nos gostamos. Mas eu não posso chegar aqui, ganhar 300 milhões de dólares e dizer que não gosto dele. Deixe ele seguir a carreira dele. – disse Floyd Mayweather, na entrevista coletiva pós-luta, ainda na T-Mobile Arena, em Las Vegas.

Já Conor McGregor usou o mesmo tom para falar sobre a luta, disse acreditar ter vencido os três primeiros rounds e parabenizou Mayweather pela vitória e pelo cartel ainda invicto.

Acho que venci os três primeiros rounds. O quarto poderia ir para qualquer um e depois do quinto ele levou. Ele foi melhor. Ele venceu e merece respeito. Eu me diverti muito. Acho que eu o balancei algumas vezes, mas não é por acaso que ele tem um recorde de 50-0. Vocês podem dizer o que quiserem, mas eu trabalhei muito para essa luta. Preciso continuar me testando e seguir em frente. – disse Conor McGregor.

Dana White diz estar orgulhoso de Conor McGregor

Floyd e Conor
Dana se mostrou orgulhoso com performance de Conor. (Foto: Getty Images)

Apesar de ter sido derrotado por Floyd Mayweather na superluta que aconteceu em Las Vegas, Conor McGregor acabou impressionando a todos com a sua performance acima do esperado. O irlandês lutou de igual para igual com o americano até ser nocauteado no final do décimo round. Dentre os muitos torcedores e especialistas que concordaram que Conor fez uma luta acima do esperado, está Dana White. O chefão do UFC se mostrou orgulhoso de seu pupilo e falou um pouco sobre o combate.

Estou muito orgulhoso de Conor. A luta foi completamente diferente do que eu esperava. Quando você entra no boxe profissional, você começa com quatro, seis, dez rounds. Ele já começou com 12. Disseram que o Conor não acertaria um soco no Floyd. Falaram muito mal dele, disseram que seria massacrado. Mas nas últimas lutas do Mayweather, ele não levou mais de 100 golpes em 12 rounds. Conor acertou 111, em dez rounds. – disse Dana White.

Quem também falou um pouco sobre a luta foi o próprio Conor McGregor. Frustrado com a interrupção precipitada do árbitro, o irlandês se mostrou contente, mas afirmou que gostaria de ter levado a luta para a decisão dos jurados.

Eu gostaria de ter chegado até o final dos 12 rounds. Eu merecia ouvir o gongo final soar, mas o que eu posso fazer? Vocês podem dizer o que for, mas eu trabalhei muito duro para chegar até aqui. Eu sempre fiz sparring até o sexto round e depois entrava outro parceiro para trabalhar comigo nas cordas. Acho que estaria mais preparado se tivesse treinado mais esse tipo de jogo, tenho certeza que não perderia muitos golpes na guarda. – afirmou o irlandês.

Floyd e Conor colocam fim à rivalidade
Votar