Fora-do-UFC-200-Jones-se-emociona-e-pede-desculpas

Bastante emocionado, Jon Jones participou de uma entrevista coletiva para se desculpas com o UFC, Cormier e seus fãs por não poder participar do UFC 200. Poucos dias antes do duelo, que valeria o cinturão dos meio-pesados e seria disputado neste sábado, em Las Vegas, o ex-campeão da categoria foi flagrado em um exame antidoping pela USADA e foi retirado do card do evento.

Eu gostaria primeiramente de me desculpar com os fãs que vieram assistir ao UFC 200. Me desculpo também com o UFC, que trabalhou duro neste evento e com Daniel Cormier, que seria o meu adversário. Essa luta significava muito para mim e eu sinto muito que ela não acontecerá. Não sei nem o que dizer. É uma situação terrível que me entristece muito. Uma das minhas amostras tinha uma substância proibida, não sei ainda qual. Estou devastado. Ser marcado como alguém que rouba no esporte é terrível. – disse o lutador, que muito emocionado, abandonou a coletiva poucos minutos depois.

Depois de Jones abandonar a coletiva, coube ao empresário do atleta, Malki Kawa – que estava visivelmente constrangido – responder as perguntas remanescentes.

As últimas 48 horas foram devastadoras. Fomos informados pela USADA que Jones testou positivo. É isso. Vamos fazer o que temos que fazer. A contraprova será analisada na próxima semana em Salt Lake City. Isso acabou de acontecer e as emoções ainda estão muito fortes. Não sabemos o que virá pela frente e não tivemos cabeça para pensar nisso ainda. – completou um sincero Kawa.

Sem Jones, Anderson Silva será o adversário de Daniel Cormier no UFC 200, que acontece na noite deste sábado, em Las Vegas, Nevada.

Foto: Jones se desculpou com os fãs por estar fora do UFC 200.

Votar