Após quatro derrotas consecutivas, o veterano americano Frank Mir surpreendeu a todos ao nocautear Antônio Pezão com facilidade ainda no primeiro round pelo evento principal do UFC Porto Alegre, no último sábado. Com mais um revés, o brasileiro chega a quatro lutas sem vencer na organização.
Mir começou a luta mais agressivo, partindo para cima de Pezão, que se defendia e tentava se afastar do americano. Com apenas 1 minuto e 40 segundos de luta, Mir acertou um cruzado de esquerda que derrubou o brasileiro. Com Pezão no chão, Mir partiu para o ground and pound e golpeou o brasileiro até a intervenção de Mario Yamasaki, decretando a vitória do americano por nocaute técnico.

Após nocautear Pezão, Mir se mostrou empolgado e chegou a cogitar uma nova luta com Rodrigo Minotauro.
– Mostrei minha qualidade, não importa a minha posição no ranking. Se quiserem que eu volte a lutar no Brasil, que eu lute com o Minotauro, eu ficaria feliz. Seria uma grande luta, Minotauro é um lutador fenomenal. Se o Brock Lesnar voltar, pode ser ele também. Se eu estiver 100%, não colocaria ninguém na minha frente que eu não possa vencer. – declarou Mir, esbanjando confiança.
Já Antônio Pezão, lamentou mais um revés, e tratou de parabenizar o americano pela vitória.
– O Mir está de parabéns. Ninguém quer perder, mas faz parte do esporte. Na minha última luta eu fiz muita coisa errada, dessa vez eu fiz tudo certo, mas não era o meu dia. Era o dia do Frank. – opinou o brasileiro.

Sem vencer desde que nocauteou Alistair Overeem, há dois anos atrás, Pezão disse não temer uma possível demissão do UFC.
– Sou funcionário da empresa e me preparo para tudo. A torcida brasileira é assim. Quando você perde, tem que parar. Quando você ganha, é o melhor. O Mir vinha de quatro derrotas e nem por isso foi mandado embora. Não vim pensando nisso, vim pensando em fazer uma boa luta. Estou triste, mas vou dar a volta por cima. – garantiu o grandalhão.

lutas

Arrasador, Frank Mir precisou de menos de dois minutos para nocautear Antônio Pezão. (Foto: UFC)

Frank Mir nocauteia Pezão no primeiro round em Porto Alegre
Votar