Um dos principais nomes da categoria dos meio-pesados do UFC, o brasileiro Glover Teixeira conseguiu uma grande vitória no último sábado, em Winnipeg. Lutando diante do perigoso letão Misha Cirkunov, Glover começou mal o duelo, mas logo se encontrou e venceu por nocaute, ainda no primeiro round do duelo.

Misha começou melhor a luta, tomando o centro do octógono e pressionando Glover. Depois de potentes golpes e de um clinch, o brasileiro foi se encontrando na luta. Ainda no primeiro round, Glover conseguiu derrubar o rival, tentou um mata-leão sem sucesso e partiu para a montada. Em cima do letão, Glover Teixeira martelou no ground and pound até a interrupção do árbitro, vencendo por nocaute aos 2m45s do primeiro assalto.

Eu tento melhorar em cada luta. Eu levei a luta ao chão. Eu sei que tenho que ser perigoso em todos os aspectos. Cormier, você me disse que caso eu vencesse de forma espetacular, você me daria a chance de disputar o título. Fãs, vocês gostariam de ver a gente se encarando na trocação? Somos da velha guarda. Vamos lá, vamos fazer isso acontecer. – disse o brasileiro, ainda no octógono, desafiando Daniel Cormier, o campeão dos meio-pesados desde o afastamento de Jon Jones.

Quanto você conhece o UFC? Mostre e ganhe um bônus de 100%!

Em má fase, Erick Silva perde pela quarta vez em cinco lutas

Rafael dos Anjos e Glover Teixeira venceram e convenceram. O dia só não foi perfeito para os brasileiros porque Erik Silva perdeu mais uma. Em má fase no UFC, o brasileiro foi dominado por Jordan Mein e perdeu pela quarta vez em suas últimas cinco lutas. Aos 33 anos de idade, o lutador capixaba tem futuro incerto na organização.

Glover nocauteia Cirkunov; Erick Silva perde mais uma
Votar