GSP - McGregor  - Nick Diaz -UFC

Foto: Em 2013, GSP derrotou Nick Diaz por decisão unânime dos jurados. (Foto: Esther Lin/MMA Fighting)

Flagrado no exame antidoping pós-luta no UFC 183, no começo do ano, por uso de metabólitos de maconha, o lutador Nick Diaz foi julgado no mês passado e recebeu uma punição severa. O americano de 32 anos foi suspenso por cinco anos pela Comissão Atlética de Nevada (NAC).

A punição exagerada ao lutador americano revoltou não só ao próprio Nick Diaz e fãs do esporte, mas também a outros lutadores do UFC. Nesta semana, dois lutadores de renome saíram em defesa do americano e criticaram a sentença imposta pelo NAC.

Campeão interino da categoria peso pena, o polêmico irlandês Conor McGregor saiu em defesa de Nick Diaz e classificou a punição recebida pelo americano como “ridícula”.
– A situação do Nick Diaz é completamente ridícula. Mal consigo me conter quanto a isso. Espero que esteja tudo bem com ele. Sempre fui seu fã pelo seu estilo de luta. Será muito triste se Diaz não puder mais lutar profissionalmente. – declarou o irlandês ao programa americano “The MMA Hour”

Outro que saiu em defesa de Nick Diaz foi o ex-campeão dos meio-médios, o canadense Georges St-Pierre, que está afastado dos octógonos desde 2013.
– Sim, Maconha é uma droga, mas deveriam haver penalidades diferentes para certos produtos que os competidores usam. Isso não faz sentido. Maconha pode ajudar alguém que sofra de ansiedade, mas não vai te deixar mais forte. Não deveria ser julgado tão severamente. – afirmou o canadense.

GSP aproveitou a oportunidade para alfinetar o brasileiro Anderson Silva, que foi suspenso por um ano pelo uso de anabolizantes.
– Cinco anos é demais, especialmente quando você pensa no Anderson Silva, que se dopou e levou uma suspensão muito menor. Queriam usar o Diaz como exemplo, por causa do jeito dele, de ser polêmico. – disse GSP.

Rivais durante um bom tempo na categoria meio-médio, GSP e Diaz se enfrentaram em 2013, com vitória do canadense.
– Nick é muito carismático. Não tenho nada contra ele. Precisamos de caras como ele para o esporte e espero que ele volte logo. Gosto muito dele e desejo o melhor. – completou o ex-campeão.
Tentando de algum modo reverter a decisão do NAC, Nick Diaz criou uma petição online para tentar vetar a decisão da Comissão. Buscando 100 mil assinaturas, a petição já conta com 77 mil pessoas em apoio ao lutador.

GSP e McGregor cornetam suspensão exagerada de Nick Diaz
Votar