Dana White não escondeu de ninguém a sua frustração com Georges Saint Pierre. Depois de quatro anos afastado do MMA, o canadense enfim retornou ao octógono no ano passado, para enfrentar o veterano Michael Bisping, pelo cinturão dos médios. E deu a lógica. GSP venceu com facilidade e conquistou o título. Acontece que, depois disso, ele sumiu e passou a negar ofertas de Dana para que defenda o seu cinturão. Nesta semana, Saint-Pierre enfim resolveu dar a cara a tapa e fez críticas ao chefão do UFC.

Se eu tivesse perdido aquela luta, eu teria perdido muita coisa. Foi um risco. E eu assumi esse risco. O Dana não está feliz por isso porque ele não me controla. Ele está acostumado a lidar com pessoas que ele controla, mas ele não me controla. Eu não dependo da luta. Não preciso do UFC para viver. Tenho outras coisas a fazer da vida e não preciso lutar se não quiser. – disse um enigmático GSP em entrevista ao programa americano The MMA Hour.

Georges Saint-Pierre era um dos principais nomes do UFC e campeão absoluto dos meio-médios, até decidir dar um tempo no MMA em 2013. Ao decidir voltar, venceu Michael Bisping em Nova York e conquistou o cinturão dos médios, mas não luta desde então. O futuro do canadense no UFC é incerto.

Torça pelo seu lutador favorito e ganhe bônus!

GSP fala sobre retorno ao MMA: “Dana White não me controla”
Votar