O Ultimate Figthing Championship (UFC) foi inventado partindo da ideia original do especialista em Jiu-Jitsu Rorion Gracie, em conjunto com o publicitário Arthur Davie. Nos inícios, não era muito bem visto, para muitos não passava de uma loucura, algo perigoso e desmedido.

Não é à toa que tenha sido chamado de “Vale-tudo”, pois tinha uma importante falta de regras e era permitido quase tudo. A luta durava até que o oponente fosse nocauteado ou desistisse. O que não acontece hoje em dia, já que atualmente, tem rígidas regras, como verdadeiro esporte, que garantem a integridade física dos atletas e o entretenimento do público, sem nenhum tipo de inconvenientes. Mesmo que primeiro não tenha sido bem recebido, aos poucos foi ganhando adeptos, devido à sua originalidade. Chegando a ser muito popular na atualidade.

O primeiro evento do UFC foi no dia 12 de novembro de 1993 e foi chamado de UFC 1. Nele, oito homens disputaram a primeira edição do que atualmente é o maior evento de artes marciais do mundo. Em sua maioria, os combates passaram a terminar no chão. Royce Gracie venceu três dos quatro primeiros eventos, demonstrando dessa forma que lutar no solo era necessário para obter a vitória. A partir desse momento, os lutadores levaram para os torneios diferentes estilos, incluindo também a luta livre e o Jiu-Jitsu.

Nos começos, os torneios eram bem diferentes dos atuais, pois não existia uma classificação por peso, com o que o lutador podia se enfrentar a adversários de qualquer tamanho, sem importar que a luta não acontecesse nas mesmas condições para todos. Essas regras, só foram mudadas a partir do UFC 12. Com o passar do tempo, o UFC foi evoluindo e aumentou as suas regras, bem como as restrições. Apesar das muitas diferenças entre aqueles primeiros enfrentamentos e os de hoje, algumas características permanecem até a atualidade. Um exemplo disso é o octágono, atualmente reconhecido como algo particular do UFC. O objetivo da criação desse tipo de plataforma foi conseguir uma superfície plana que desse igualdade de condições, na hora de lutar, aos participantes. Além de fazer com que o público tivesse boa visão de todos os lados. Dessa forma, as artes marciais mistas foram obtendo cada vez mais popularidade e também publicidade. Pois as competições começaram a ser transmitidas pela TV e isto levou a que os atletas ganhassem visibilidade na mídia.

Alguns dados interessantes daquela primeira luta

– Os principais lutadores que teve o torneio foram Royce Gracie, Gerard Gordeau, Ken Shamrock e Teila Tuli.

– O árbitro que controlou a metade dos enfrentamentos foi João Alberto Barreto.

– O público presente naquele dia foi de 2800 pessoas. Como o local, McNichols Arena, tinha capacidade para 17 mil pessoas, foi necessário cobrir algumas partes para que desse a impressão de que o lugar estava lotado, havendo vendido todos os ingressos.

– Na primeira semifinal, Gerard Gordeau derrotou Kevin Rosier e, na segunda, Royce Gracie venceu contra Ken Shamrock, ficando assim conformada a grande final entre Gordeau e Gracie. A qual teve algumas controvérsias, pois o holandês acabou mordendo a orelha do brasileiro.

– Esse primeiro evento, a pesar de que ainda não era muito valorizado, foi um verdadeiro sucesso. Foram vendidos 80 mil pacotes de pay per view, e esse número foi multiplicado nas seguintes edições. Tanto que, após o terceiro evento, o UFC foi chamado de “franquia mais bem sucedida da TV americana” pela revista Forbes. E uma curiosidade sobre a transmissão pela TV é que isso aconteceu somente por causa de que o esporte tem várias semelhanças com o jogo de videogame Mortal Kombat.

História do UFC
Votar