Max Holloway parece não ter ficado muito convencido com o discurso de José Aldo, de que estaria muito motivado a recuperar o cinturão dos penas. O americano venceu o brasileiro em pleno Rio de Janeiro, em junho deste ano. Os dois estão prestes a se enfrentar de novo, no dia 2 de dezembro, em Detroit e Max está confiante de que voltará a triunfar sobre o manauara.

Falando sobre motivação, ele fala que está muito motivado pelo cinturão. Eu lutei contra ele no país dele, ele era o campeão e ele diz que está mais motivado agora. Se lutar em seu país, com o seu povo, pelo seu cinturão não é motivação o bastante, então eu não sei o que é? Eu estou motivado. O cinturão é ótimo e com ele, vem mais dinheiro e mais PPV. Eu não quero levar uma surra na frente de milhares de pessoas vendo pela TV. Eu quero vencer. Não me importo com quem eu luto. Posso lutar com ele dez vezes seguidas e vou querer vencer todas as vezes. Este sou eu, tenho espírito de guerreiro. Se você tem dificuldades para achar motivação, está no ramo errado. Ele está falando sobre motivação, isso me deixa abismado. – disparou Holloway, visivelmente contrariado com a atitude do brasileiro, durante uma teleconferência para promover o UFC 218, que acontecerá neste final de semana.

Max Holloway e José Aldo farão a luta principal do evento, que ainda contará com nomes de peso como Alistair Overeem, Henry Cejudo e Eddie Alvarez, todos lutando no card principal da noite.

Holloway fala sobre revanche com Aldo e critica o brasileiro
Votar