Ex-campeã da categoria dos galos na divisão feminina do UFC, a americana Holly Holm enfim voltou a vencer na organização. A boxeadora de 35 anos de idade, ganhou notoriedade ao se tornar a primeira atleta a vencer a até então invencível Ronda Rousey em uma luta de MMA. Desde então, porém, Holm mergulhou em uma péssima fase, perdendo três lutas seguidas. Já a brasileira Bethe Correia segue em má fase, tendo vencido apenas uma de suas últimas cinco lutas.

Muito melhor tecnicamente, Holly Holm dominou a luta desde o início. No segundo round, Bethe até conseguiu equilibrar o duelo, mas durou pouco. No terceiro round, Holly retomou o controle do combate e partiu para o nocaute. A americana conectou um lindo chute no rosto da brasileira, que caiu. Com Bethe no chão, Holly desferiu mais dois golpes até a intervenção do árbitro Marc Goddard, que decretou a vitória por KO.

Nós trabalhamos muito em chutes variados. Sempre procuro evoluir como lutadora. Não posso ser previsível. Queria escolher o chute certo no momento certo. Eu queria escutar mais os meus treinadores. Nas últimas lutas não fiz isso e acabei pagando caro por isso. Tenho que seguir fiel à minha estratégia. – declarou a americana, ainda no octógono, depois de nocautear Bethe Correia, no Main Event do UFC Singapura.

Foto: Holly Holm acertou um belo chute, nocauteando Bethe Correia em Singapura. (USA Today Sports)

Holly Holm nocauteia Bethe Correia com chutaço
Votar