Joe Lauzon roubou e cena com sua honestidade no UFC Phoenix, disputado no último final de semana, na capital de Arizona. O veterano americano foi declarado o vencedor no duelo diante do jovem polonês Marcin Held, na decisão dividida dos jurados. (29-28, 27-30 e 29-28). A vitória do americano chocou ao público, a Held e até o próprio Joe Lauzon. “J-Lau” parecia não acreditar que havia sido declarado o vencedor, apenas rindo e balançando a cabeça depois do anúncio de Bruce Buffer.

Essa luta foi 100% do Marcin. Hoje não foi a minha noite. Ele é muito forte. Tem um jiu-jitsu muito afiado. É ótimo ter o bônus da vitória, mas achei que ele 100% ganhou essa luta. Honestamente, me sinto até culpado. – surpreendeu Joe Lauzon ainda no octógono, após o anúncio de Buffer.

Marcin Held, polonês de 24 anos, perdeu pela quinta vez em 27 duelos na carreira. Esta é a segunda luta de Held no UFC e a sua segunda derrota. Ele havia sido superado por Diego Sanchez em novembro do ano passado, no México.

Diante do experiente Lauzon, Held surpreendeu ao dominar a luta durante os três rounds. Superior no duelo, o polonês derrubou o americano diversas vezes e pressionou Lauzon durante a grade em algumas oportunidades. A certeza da vitória era tanta que Held não continha sua comemoração antes de Buffer anunciar o vencedor. Assim que isso aconteceu, o seu semblante mudou e o polonês se afastou decepcionado e confuso.

Igualmente decepcionado com a controvérsia decisão dos jurados, Lauzon garantiu que fará um lobby com Sean Shelby (matchmaker do UFC) pela permanência de Held no UFC, após duas derrotas seguidas na organização.

É um começo muito ruim, duas derrotas e nenhuma vitória. Ele é muito bom. Eu vou perturbar o Shelby. Eles tem que manter esse cara por perto, ele é muito, mas muito bom. Ele ganhou essa luta. – completou Lauzon.

Foto: Joe Lauzon venceu por decisão dividida em Phoenix, mas reprovou a decisão dos jurados.

Joe Lauzon vence por pontos, mas discorda da decisão dos juízes
Votar