Sem se intimidar com os mais de 30 mil suecos que lotaram a Tele2 Arena em Estocolmo, o americano Anthony Johnson nocauteou Alexander Gustafsson ainda no primeiro round da luta principal da madrugada deste domingo.

O evento do último final de semana marcou também a primeira vez que um estádio de futebol sediou um evento do UFC. Apesar do clima amplamente favorável ao sueco, foi o americano quem surpreendeu. Com menos de 3 minutos de luta, Johnson acertou um belo upper em Gustafsson, que ficou atordoado. O americano aproveitou do “momentum” para continuar golpeando o sueco, que logo caiu. No chão, Johnson continuou golpeando Gustafsson, até a interrupção do árbitro, decretando a vitória do americano.

A surpreendente vitória do americano calou o estádio sueco. Sem reação, o público só voltou a soltar a voz, quando Gustafsson – em ato de elegância – caminhou até Johnson e ergueu a mão do adversário, reconhecendo sua vitória. A torcida, logicamente, aplaudiu os lutadores. Após a derrota, o sueco foi às lagrimas, sendo consolado pelos seus treinadores.
Após a contundente vitória de Anthony Johnson, o chefão do UFC Dana White confirmou que o americano será o próximo desafiante de Jon Jones, pelo cinturão dos meio-pesados.

No Co-Main event da noite, o holandês Gegard Mousasi surpreendeu ao nocautear com pouco mais de um minuto de luta, o veterano americano Dan Henderson. Logo no começo da luta, Mousasi acertou um contra-golpe em Henderson, que caiu grogue no chão, aonde ele levou mais dois socos antes da interrupção do juiz. Ao final da luta, Hendo reclamou da intervenção do árbitro, alegando que poderia ter se recuperado do baque.
Outra luta de destaque da luta foi o duelo entre Ryan Bader e Phil Davis. Melhor para Bader, que saiu vencedor por pontos. A decisão foi por decisão dividida dos jurados. (29-28, 29-28, 28-29).

lutas

 

Anthony Johnson conseguiu uma contundente vitória sobre Alexander Gustafsson.

Johnson nocauteia Gustafsson na Suécia
Votar