Anthony Johnson conquistou no último final de semana a sua maior vitória no UFC. Diante de mais de 30 mil torcedores presentes na Arena em Estocolmo, o americano nocauteou Alexander Gustafsson e conseguiu assim a chance de disputar o cinturão dos meio-pesados pela primeira vez.
Quem confirmou o duelo entre Jones e Johnson foi o próprio Dana White, chefão do UFC. Por meio do Twitter, o presidente da organização elogiou o “Rumble” e confirmou o combate, ainda sem data marcada.

– Anthony Johnson é um cara assustador. Ele e Jon Jones vão lutar pelo título dos meio-pesados do UFC. – escreveu Dana.
Logo após nocautear Gustafsson, o americano já tratou de desafiar Jones, mesmo antes da confirmação de Dana White.
– Jon Jones, espero que você se recupere logo, vamos fazer uma luta que vai empolgar os fãs. – declarou o Rumble.
Ao falar sobre o duelo, Johnson garantiu também que será o maior golpeador que Jones já enfrentou, além de prometer “dar uma surra” no campeão.
– Serei o golpeador mais forte que ele já enfrentou. Espero poder fazer o que ninguém fez com ele. O Gustafsson deu ao Jones a maior surra que ele já teve. Espero dar uma surra dez vezes pior. – garantiu o americano.

Decepcionado pela sua performance e por não poder fazer a tão sonhada revanche com Jon Jones, o sueco Alexander Gustafsson mostrou o seu desânimo na entrevista pós-luta e pediu desculpas aos fãs que lotaram o estádio de futebol para prestigiar o evento do UFC.
– Eu estava me sentindo bem no começo da luta, mas ele me pegou, foi isso que aconteceu. Muito obrigado a todos por terem vindo me apoiar. – falou categoricamente o sueco.

lutas

Após nocautear Gustafsson, Johnson agora terá pela frente o campeão Jon Jones.

Johnson será o próximo adversário de Jon Jones
Votar