Jon Jones derrotou Glover Teixeira por decisão unânime dos jurados em Baltimore, nos Estados Unidos e conseguiu defender o cinturão dos meio-pesados pela sétima vez consecutiva. A luta entre o americano e o brasileiro foi o evento principal do UFC 172 e o americano levou a melhor vencendo por um triplo 50 a 45. Se quiser bater o recorde de Anderson Silva, de dez defesas de cinturão consecutivas, Jones precisará vencer mais quatro lutas. Segundo Dana White, o próximo desafiante do americano deve ser o sueco Alexander Gustafsson. Esta será a segunda luta entre os dois, que se enfrentaram em setembro de 2013, quando Jones venceu por triplo 48 a 47 em duelo equilibradíssimo.

Esta foi a vigésima vitória de Jon Jones como lutador profissional, sendo a décima primeira de forma consecutiva. Já Glover vinha de vinte vitórias seguidas e estava invicto desde 2005. Com tranquilidade, o americano dominou os cinco rounds e venceu com certa facilidade. Na entrevista pós-luta, Jones elogiou Glover a agradeceu o brasileiro pelo desafio.

Quem para o homem? Jones defendeu seu cinturão pela sétima vez

“Muito do que fiz foi improvisação. Eu percebi que era muito melhor na luta de mão que ele, graças ao meu background no wrestling. Mas agradeço aos fãs brasileiros que sintonizaram hoje, respeito muito os lutadores brasileiros e respeito muito o Glover Teixeira, agradeço pelo desafio.” – elogiou o simpático Jones.

Já Glover concordou com a decisão dos juízes e revelou que lesionou o ombro durante o combate.

“Ele acertou o meu ombro direito. Esse cara é duro. Ele aguentou meu melhor golpe, eu acertei meu soco de esquerda umas três vezes. Ele é um grande campeão. Eu fiz minha estratégia, tentar pressioná-lo e acertá-lo com os ganchos, mas ele aguentou – lamentou o brasileiro.

No Co-Main event da noite, Anthony Johnson derrotou Phil Davies por decisão unânime dos juízes, com um triplo 30 a 27. Em outra luta de destaque, Luke Rockhold venceu Tim Boetsch por finalização no primeiro round. Antes disso, Jim Miller superou Yancy Medeiros por finalização também no primeiro round. Na primeira luta do Card Principal, Max Holloway venceu Andre Fili por finalização no terceiro round.

Jones vence Glover e mantém hegemonia no UFC
Votar