Vou ter de sair morto de lá. Morto, mas com o cinturão”. Foi assim que José Aldo descreveu a sua expectativa para a revanche com Max Holloway, no evento principal do UFC 218, que acontecerá em Detroit, no próximo sábado. Em entrevista ao site brasileiro, Combate, o manauara mostrou confiança para retomar o cinturão dos penas.

Eu procurei rever os meus conceitos. Fui para os Estados Unidos. Treinei boxe sem ninguém, para sofrer de novo. Achei aquela gana que estava faltando e estou de volta. Podem ter certeza que do início ao fim, eu vou dar tudo de mim. Eu vou sair morto de lá. Morto, mas com o cinturão. – declarou José Aldo.

José Aldo perdeu o cinturão dos penas justamente para Max Holloway, em confronto realizado em junho deste ano, no Rio de Janeiro. Na ocasião, o americano acabou nocauteando o brasileiro no segundo round do combate. Desta vez, porém, Aldo garantiu que vai abusar dos chutes, arma que não pode utilizar no primeiro confronto, por conta de uma lesão na coxa.

Eu vou ficar em pé a luta toda. Muitos chutes. Eu só chutei esse camp inteiro. Quando soube que enfrentaria o Max, chutei muito. Espero que saia pelo menos um pouco do que treinei para que eu possa derrubar essa árvore. – completou o brasileiro.

José Aldo e Max Holloway farão o evento principal do UFC 218, no dia 2 de dezembro, em Detroit. O card da noite contará ainda com nomes de peso como Alistair Overeem, Henry Cejudo e Eddie Alvarez. No card preliminar da noite, o brasileiro Alex Cowboy enfrenta Yancy Medeiros.

Não perca as notícias das lutas e obtenha um bônus de 100%!

José Aldo se mostra motivado para luta com Holloway
Votar