A mudança repentina de seu próximo adversário no UFC parece não ter incomodado muito Kelvin Gastelum. Antes escalado para enfrentar Anderson Silva, o jovem americano agora terá pela frente Michael Bisping, uma vez que Spider foi pego no doping e teve de ser retirado da luta. Ex-campeão dos médios, Bisping aceitou substituir o brasileiro e fará a sua primeira luta desde que perdeu o cinturão para Georges Saint-Pierre.

Para Kelvin Gastelum, enfrentar Michael Bisping, neste momento se configura como um desafio maior do que enfrentar Anderson Silva.

A questão não é se eu gosto ou não do Anderson Silva. Sou indiferente. Não foi uma surpresa para mim ele ter sido flagrado no doping. Mas o show tem que continuar. Ele está arruinando o seu legado, é assim que as coisas são. Acho que a luta com Bisping é maior do que teria sido a luta com Silva. Michael é um ex-campeão, melhor ranqueado e sua moral no UFC está em alta. É uma grande oportunidade para mim. Será uma luta muito equilibrada. Não será uma luta fácil. – disse Gastelum.

Mirando o cinturão da categoria, Gastelum está ciente de que uma convincente vitória sobre Bisping o deixará mais perto de ter a chance de disputar o cinturão dos médios.

Se eu vencer, vou me colocar em posição de poder disputar o cinturão. Eu posso ainda descer e desafiar Tyron Woodley em sua categoria. É algo possível. Vencendo no sábado, fico em boa posição para pedir uma dessas lutas. Mas só depois da luta eu saberei o que poderei fazer. Não quero pensar nisso antes de enfrentar Michael Bisping. – completou o americano.

Kelvin Gastelum diz que luta com Bisping será maior do que com Spider Silva
Votar