Lawler exalta Condit mas diz que vitória foi merecida

Lawler derrotou Condit e manteve o cinturão dos meio-médios. (Foto: Getty Images)

Na luta principal do primeiro evento do UFC em 2016, o americano Robbie Lawler venceu o compatriota Carlos Condit em uma luta bastante polêmica e manteve o cinturão dos meio-médios. A luta foi de grande qualidade técnica e bastante equilibrada. Difícil de se julgar, o resultado do duelo foi decidido de maneira dividida pelos jurados. No final, melhor para Lawler, que venceu por 48-47, 48-47 e 47-48 para manter o cinturão da categoria.

Apesar da pontuação de dois dos três juízes, a maioria do público presente no MGM Grand Garden Arena vaiou a decisão dos árbitros, já que acreditavam que Carlos Condit merecia ter vencido. Quem também compartilhou desta opinião é o chefão do UFC, Dana White, que declarou depois da luta que teria dado a vitória para o desafiante. Na contramão de seu chefe, Lawler até elogiou Condit, mas garante que realmente venceu a luta.

– Eu fiz tudo o que pude para vencer e realmente venci. O objetivo é sempre estar melhor e eu venho enfrentando e derrotando caras muito duros. Sempre tento entrar lá dentro e arrancar a cabeça do meu adversário. – exagerou o campeão.

Perguntado se desejaria enfrentar Carlos Condit novamente, já que a luta foi bastante equilibrada e difícil de julgar, Lawler se esquivou e disse que precisa de um tempo para pensar, mas tratou de elogiar a performance do compatriota.
– Não consigo decidir isso hoje. Vamos ver como eu me sinto em alguns dias, depois eu vou falar com o Dana e decidir. Carlos é um lutador muito duro, acertou grandes golpes. Ele consegue finalizar em pé ou no chão, eu tenho que respeitar isso. Ele é inteligente, tem boa movimentação e um queixo duro. Ele é experiente e é um bom estrategista. Tenho que parabenizá-lo. Dei tudo de mim e ele deu tudo de si. Foi uma verdadeira batalha. – elogiou o atual campeão dos meio-médios.

Lawler exalta Condit mas diz que vitória foi merecida
Votar