lutadores-ufc

Foto: Robbie Lawler derrotou Rory MacDonald em luta espetacular. (Foto: John Locher/Associated Press)

O americano Robbie Lawler confirmou o favoritismo e nocauteou o canadense Rory MacDonald, mantendo o cinturão dos meio-médios. O espetacular duelo foi o melhor do UFC 189, disputado em Las Vegas na madrugada do último sábado. A luta foi franca e sangrenta, com os dois lutadores encaixando grandes sequências de golpes. No quinto round, Lawler se superou e conseguiu nocautear MacDonald, retendo o cinturão dos meio-médios.

Esta foi a quarta vitória seguida de Robbie “Ruthless” Lawler, que chegou a 26 vitórias em 37 lutas na carreira. Já Rory MacDonald foi derrotado pela terceira vez em 21 lutas. Esta foi a segunda derrota de MacDonald para Lawler.

Bastante disputada desde o início, a luta teve em seu primeiro round, o assalto mais tranquilo. Com os dois atletas se estudando e medindo distância, os dois se soltaram no minuto final, quando trocaram boas sequências.

No decorrer do segundo round, Lawler se encontrou na luta. Mais agressivo, o campeão abriu um sangramento no rosto do desafiante, com bons golpes.

Tomando às rédeas do duelo, o americano foi superior também durante o terceiro round. O ferimento no rosto de MacDonald voltou a abrir e começava a sangrar bastante. No momento em que parecia estar mais tranquilo na luta, o campeão foi surpreendido por um belo contra-ataque do canadense, que com um chute alto balançou Lawler. O desafiante aproveitou o momento e com bons socos e até uma joelhada, chegou perto de derrubar o americano, que manteve a compostura.

Sabendo que havia perdido pelo menos dois dos três primeiros rounds, MacDonald foi para cima no quarto assalto, agredindo o campeão. Dominando completamente o round, golpeou bastante o rosto de Lawler, que balançou. A luta esquentou e após um clinch no minuto final, os dois se encararam por um tempo antes de irem para os seus córneres, em momento tenso.

A trocação franca que foi presenciada no terceiro e quarto round, se repetiu no último assalto. Com pouco mais de um minuto de luta no quinto round, Lawler acertou uma bomba de direita no rosto de MacDonald, que imediatamente acusou o golpe. Abalado e com o nariz fraturado, o canadense caiu no chão e levou mais alguns socos de Lawler até a interrupção do árbitro, que marcou o final do incrível duelo.

Nada modesto, Lawler exaltou o seu desempenho na luta e se chamou de “guerreiro”.
– Eu sou um guerreiro. Me defendi e continuei lutando. Se não me apagarem eu vou nocautear, é assim que eu sou. Eu sou o campeão. – afirmou Lawler, ainda no octógono.

Lawler nocauteia MacDonald e mantém o cinturão dos meio-médios
Votar