Na atração principal do evento de UFC que aconteceu na cidade de Jaraguá do Sul, em Santa Catarina, Lyoto Machida derrotou o holandês Gerard Mousasi por decisão unânime dos juízes. A luta que teve cinco rounds – já que foi o evento principal da noite – foi dominada pelo brasileiro, que venceu com relativa tranquilidade. (49 a 46, 50 a 45 e 50 a 45).

Se Dana White, presidente do UFC, cumprir sua promessa, o próximo adversário de Lyoto “The Dragon” Machida sairá do vencedor da aguardada luta entre Chris Weidman e Vitor Belfort, que acontece no dia 24 de maio em Las Vegas, Nevada.

Perguntado na entrevista pós-luta sobre suas pretensões para o futuro, Lyoto admitiu que espera uma chance para conquistar o cinturão dos médios, mas afirmou que a decisão caberá a Dana White.

Lyoto, que agora terá alguns meses de descanso, saiu da luta com uma suspeita de fratura no pé direito. Ele passará por exames para saber a gravidade da lesão.

Lyoto comemora mais uma vitória no UFC

Brasileiros brilham no main card

Nas cinco lutas do card principal, o Brasil se deu bem em quatro. O placar final foi de 5 a 1. Ronaldo Jacaré derrotou o francês Francis Carmontx por decisão ûnanime dos juizes. Erick Silva nocauteou Takenori Sato em apenas 52 segundos de luta. Charles Do Bronx encaixou um triângulo sobre Andy Ogle e também saiu com a vitória. A festa brasileira só não foi completa por que Viscardi Andrade foi derotado por Nicholas Musoke por decisão unânime dos jurados.

Lyoto derrota Mousasi e aguarda luta por cinturão
Votar