Dez meses depois de superar o holandês Gegard Mousasi em Jaraguá do Sul, o baiano Lyoto Machida – ex-campeão dos meio-pesados – voltará a lutar em terras tupiniquins. Isso por que no dia 20 de dezembro, o “Dragão” enfrentará o experiente americano CB Dollaway, em Barueri. Lyoto – que em julho foi derrotado por Chris Weidman – disse não pensar em uma nova oportunidade de disputa de título tão cedo, mas está confiante em uma vitória sobre Dollaway.

– Cada luta tem a sua importância, eu não sei quando terei a chance de disputar o cinturão de novo, mas a cada luta eu tenho que dar o meu melhor e este é o caminho para voltar a ter uma chance de título. – disse o ex-campeão.

Luta entre Lyoto e Dollaway acontecerá em Dezembro, na cidade de Barueri. (Foto: UFC)

Com bom retrospecto diante de brasileiros – venceu Daniel Sarafian por nocaute técnico e Cezar Mutante por decisão dos jurados – Dollaway mira a luta diante de Lyoto como uma chance de impressionar e quem sabe ter uma chance de disputar o cinturão no futuro próximo.

– Eu acredito que vencendo esta luta eu me credencio para disputar o cinturão. Será a maior luta da minha carreira, por que o Lyoto é mentalmente muito forte. Se você der a chance, ele te nocauteia em um instante. Vou precisar ser cauteloso e me defender muito bem. Eu tentarei o nocaute, mas para vencer um cara como o Lyoto você precisar estar bem em todas as artes marciais, não só focar no Wrestling. – comentou Dollaway.

Esta será a terceira vez que Dollaway luta no Brasil. Por enquanto, seu retrospecto é de 100%. Ele venceu Daniel Sarafian e Cezar Mutante e buscará a trinca diante de Lyoto em dezembro. Apesar do retrospecto favorável, Dollaway rechaçou a fama de algoz de brasileiros.

– Não tem isso não. Eu adoro lutar no Brasil porque a torcida é ótima e a torcida é barulhenta. O que aconteceu foi que eu acabei ganhando as lutas, só isso. – garantiu o americano.

Além da luta entre Lyoto e Dollaway, o UFC de Barueri contará também com o duelo entre o ex-campeão dos pesos-galo Renan Barão e o canadense Mitch Gagnon.

Lyoto aposta em nocaute de Vitor diante de Weidman

Último desafiante do atual campeão Chris Weidman, Lyoto deu seu palpite sobre o esperado confronto entre o americano e Vitor Belfort. Segundo Lyoto, Vitor é o favorito e tem chances de vencer a luta por nocaute nos primeiros rounds. Ainda assim, o baiano alertou que caso a luta caminhe para mais rounds, o americano se torna favorito por ser mais resistente que o brasileiro.

– É uma luta dura para os dois lados. O Vitor tem chance de nocautear o Weidman, principalmente no começo da luta. Mas como o Weidman é um lutador de Wrestling ele tem mais resistência e pode controlar mais com o decorrer da luta, segurando no chão e pontuando mais. – concluiu Lyoto.

Lyoto enfrentará CB Dollaway em Barueri
Votar