Com muito suspense e um pouco de polêmica, Lyoto Machida enfim reencontrou o caminho das vitórias no UFC. Lutando em Belém, diante de uma fanática torcida brasileira, contra o americano Eryk Anders, Lyoto teve dificuldades, mas foi declarado o vencedor na controversa decisão dividida dos jurados (48-47, 47-48 e 49-46). Com o triunfo, o Dragão quebra uma infeliz série de três derrotas consecutivas.

Extasiado com o resultado e aliviado por enfim voltar a vencer no UFC, Lyoto comemorou muito a vitória diante Eryk Anders, que estava invicto na carreira.

Isso aqui não tem preço. Usei muito os chutes e me movimentei bastante. O Eryk é muito duro e é um grande atleta. Fico muito feliz com essa vitória. – disse o brasileiro ainda no octógno.

Depois de vencer o duelo de cinco rounds com Eryk Anders, Lyoto agora sonha com voos mais altos. Dentre os possíveis próximos adversários do veterano brasileiro, estão o compatriota Vitor Belfort e o inglês Michael Bisping.

A luta com Bisping era para ter acontecido há algum tempo. Fomos amadurecendo juntos. Somos contemporâneos. Uma luta entre nós seria legal para o UFC. Daqui a pouco nós dois nos aposentamos e essa luta não acontece. Tenho respeito por ele como atleta. Já sobre o Vitor, ele é um colega de trabalho, de profissão. Como profissional eu não posso dizer não. Mas eu prefiro um gringo, uma pessoa de fora. – completou Lyoto Machida.

Esta foi a 23ª vitória de Lyoto em 31 lutas como profissional de MMA. Ele não sabia o que era vencer desde dezembro de 2014, quando superou C.B Dollaway, em Barueri. Já Eryk Anders, de 30 anos, perdeu pela primeira vez em 11 lutas como profissional.

Saiba mais sobre o seu lutador favorito e ganhe um bônus de 100%!

Lyoto Machida vence luta polêmica com Eryk Anders em Belém
Votar