Manuwa apagou OSP

Além do duelo valendo cinturão entre os veteranos Michael Bisping e Dan Henderson e o tão esperado encontro entre Gegard Mousasi e Vitor Belfort, o UFC 204, realizado em Manchester, Inglaterra, contou também com mais três lutas de tirar o fôlego em seu Card Principal. Mirsad Bekitic, Stefan Struve e Jimi Manuwa, derrotaram, respectivamente, Russel Doane, Daniel Omielanczuk e Ovince Saint Preux.

Abriu o Main Card o duelo entre Bekitic e Doane. Melhor para o bósnio, que com um clássico mata-leão, finalizou o americano ainda no primeiro round do duelo. Foi a quarta vitória seguida de Mirsad Bekitic no UFC. O bósnio conta com um impressionante cartel, uma vez que ainda está invicto em onze lutas. Já Russel Doane, por sua vez, vive péssima fase no UFC. O americano perdeu pela quarta vez consecutiva e corre o risco de ser demitido pelo Ultimate.

A segunda luta do Card Principal foi o duelo de pesos pesados entre o veterano Stefan Struve e o polonês Daniel Omielanczuk. Melhor para o holandês, que com um triângulo de mão, finalizou o polonês, no segundo round. A vitória por meio de um golpe de jiu-jitsu surpreendeu, uma vez que muitos apostavam em um nocaute do gigante holandês, que mostrou também ser técnico.

A surpresa da noite ficou por conta da terceira luta principal, no duelo entre Jimi Manuwa e Ovince Saint Preux. Considerado o azarão no combate, o inglês Jimi Manuwa surpreendeu ao nocautear, de maneira espetacular, o americano OSP, que caiu apagado após um lindo cruzado de Manuwa. Com isso, o inglês, que vinha de derrota para Anthony Johnson, voltou a vencer no UFC e almeja saltos mais altos na categoria meio-pesado do Ultimate. Já o veterano OSP, que vinha de derrota para Jon Jones, perdeu pela terceira vez em seus últimos quatro duelos e vive seu pior momento na organização.

Foto: Nocaute avassalador de Manuwa apagou OSP. (USA Today Sports)

Manuwa nocauteia OSP; Struve finaliza Omielanczuk
Votar