Muitos esperavam que Francis Ngannou fosse ser aquele que tirasse de Stipe Miocic o cinturão dos pesados. O antecipado encontro entre dois dos mais temidos pesos pesados do UFC aconteceu no último final de semana, em Boston, no Main Event do UFC 220. Miocic mostrou, porém, que está aí para fazer história. Com facilidade, o americano dominou o francês durante todo o duelo, venceu na decisão unânime dos jurados (triplo 50-44) e fez história ao se tornar o primeiro peso-pesado da história do UFC a conseguir três defesas de cinturão consecutivas.

Ele foi difícil. Veio para cima de mim no primeiro round, mas depois eu consegui ter o controle da luta. Olha o tamanho dele, ele é muito grande e muito duro. Achei que ele fosse me bater o tempo todo, mas me senti bem. É todo mundo contra mim. – disse Miocic, que segue sendo o campeão da divisão dos pesados do UFC.

O americano ainda anunciou depois da luta que será pai pela primeira vez. Logo depois de ser anunciado o vencedor do duelo, um emocionado Stipe Miocic deu um forte abraço em sua esposa.
Detentor do título dos pesados desde 2016, Miocic acredita que a vitória sobre Ngannou faz dele o maior peso pesado da história do UFC.

Eu venci o cara que todos falavam que eu não conseguiria vencer. A vitória foi ainda mais doce. Ele perdeu. Ele perdeu para um cara 20 quilos mais leve que ele. Eu sou o maior peso pesado da história. Defendi o título três vezes seguidas, ninguém fez isso. Sou o campeão e quebrei o recorde. Foi o show do Stipe e eu sou o melhor. – declarou o americano na coletiva de imprensa, logo depois de dominar Francis Ngannou em Boston.

Não perca as melhores lutas e receba um excelente bônus!

Miocic domina Ngannou, vence por pontos e mantém o cinturão dos pesados
Votar