Mesmo que ainda esteja esperando o resultado de uma nova prova, o próprio Minotouro está no aguardo da suspensão por ter saído positivo o teste de doping, por uso de diuréticos. Por mais que esteja envolvido nessa situação, ele afirma que a quantidade consumida da substância foi bem pouca.

Em princípio, Rogério Minotouro passará sem entrar em alguns octógonos, mas ainda não se sabe se a pena não será estendida por mais tempo. Pois existe a possibilidade de chegar a quase dois anos, se ele ficar com a pena máxima por doping. No momento, ele está no aguardo da contraprova, tentando minimizar, de alguma maneira, os efeitos da notícia no público e no âmbito do combate. Segundo ele mesmo o tem informado, no dia de hoje, 1 de novembro, estaria o resultado tão esperado, para saber o motivo da contaminação. Pois não faria muito sentido que essa contaminação tivesse sido provocada pelo diurético, mas por algo na suplementação.

Em entrevista, o Rogério falou bem do trabalho da USADA (Agência Antidopagem dos EUA), porém criticou alguns aspectos que, segundo ele, podem prejudicar o esportista. Como no caso dele e do Cigano, por uma simples e pequena quantidade de diurético que não afeta o atleta nem o comportamento frente ao rival.

O motivo de maior descontentamento do Minotouro é o fato de ter saído positivo somente um de três exames feitos, pelo que ele insiste em que a causa da contaminação deve ser outra coisa, e não o efeito do diurético.

O momento esportivo não está sendo muito bom para o lutador quem ficou fora da luta contra Ilir Latifi, no mês de junho, por causa de uma lesão. A sua próxima luta ia ser no mês de dezembro, mas também não poderá se enfrentar ao oponente Jared Cannonier, por causa do doping positivo. O que é uma péssima notícia para o lutador que, por causa desses dois cancelamentos, ficou sem lutar neste ano.

Além da decepção pessoal, o Minotouro reafirmou que a desmarcação de enfrentamentos, para um lutador como ele, de idade avançada, pode ser bastante prejudicial.

Por seu lado, o irmão, Minotauro, defendeu o Minotouro esperando ansioso pela confirmação da contraprova, pois ele também acredita que a medida tomada com o seu irmão foi algo exagerada, por causa de que ter tomado uma pequena quantidade de diurético não favoreceria o lutador em nada, na hora do combate.

Os testes têm um custo de USD 500 cada um, sendo quatro sumplementos de farmácia e mais quatro de laboratório. O Minotouro quer demonstrar para os fãs, os colegas e os alunos da sua academia que ele não tinha nenhuma intenção de tirar vantagem de substâncias para um melhor resultado nas lutas.

Por este tipo de casos é que a USADA está tomando novas medidas para implementar, como por exemplo, que os lutadores tenham que utilizar determinadas marcas de complementos alimentares com o selo de garantia da USADA, evitando assim qualquer tipo de contaminação.

Acompanhe o seu lutador preferido e ganhe!

Que pena receberá Minotouro?
Votar