Pezão é nocauteado por Nelson

Em um dos duelos mais esperados do UFC Brasília, disputada no Ginásio Nilson Nelson, no último final de semana, o veterano americano Roy Nelson venceu o brasileiro Antônio Pezão Silva, por nocaute, já no final do segundo round. Curiosamente, os dois lutadores são amigos de longa data. Tanto que, depois de nocautear Pezão, Roy Nelson se revoltou com Big John McCarthy com a demora para interromper a luta e empurrou o juiz com o pé, já que segundo ele mesmo, não gostaria de machucar Pezão mais do que o necessário.

Foi um empurrão. Mais como um: qual foi? Eu disse que ele estava nocauteado e ele discordou. Eu sei o que é um nocaute, faço isso para ganhar a vida. Só porque ele não virou os olhos, não quer dizer que não estava nocauteado. Eu não queria machucar o Pezão mais do que o necessário, ele é meu amigo. Já tinha dado. Isso magoou os meus sentimentos. Pedi desculpas ao Big John, mas não voltaria atrás. – disse Roy Nelson, na coletiva de imprensa após a luta, explicando o porque chutou o árbitro após o fim da luta.

A vitória segue também como um alento para Roy Nelson, que vinha em má fase, tendo perdido três de suas quatro lutas. Falando em má fase, o brasileiro Antônio Pezão foi derrotado pela terceira vez seguida. O brasileiro vive uma tenebrosa fase no UFC, tendo vencido apenas uma de suas últimas oito lutas.

Essa sequência negativa coloca em cheque o futuro do brasileiro, que convive com a séria possibilidade de ser demitido pelo UFC. Já Roy Nelson deve sofrer consequências graves por ter agredido Big John McCarthy ao final do duelo.

Foto: Roy Nelson nocauteou o amigo Antônio Pezão no 2º round do duelo, em Brasília.

Roy Nelson nocauteia Antônio Pezão em Brasília
Votar