Após seis anos de muita provocação e constantes trocas de farpa, Chael Sonnen e Wanderlei Silva enfim ficaram frente a frente no cage. Melhor para o americano, que com uma estratégia de luta bem definida, dominou o brasileiro, em luta amarrada, vencendo na decisão unânime dos jurados (30-27, 30-27 e 30-26).

Após quatro anos sem lutar, Wand até mostrou um bom condicionamento físico e poder de fogo. Nos momentos em pé, ele foi mais agressivo e chegou a derrubar Sonnen quando um de seus socos entrou. Apesar disso, Sonnen fez valer de seu Wrestling, derrubando o brasileiro com facilidade nos três rounds e dominando a luta no chão.

O duelo entre Wand e Sonnen foi o Main Event de um histórico evento, o maior da história do Bellator. O card contou com diversas disputas de cinturão e com um Co-Main Event de tirar o fôlego, com a vitória de Matt Mitrione sobre o lendário Fedor Emelianenko.

Em sua entrevista coletiva pós-luta, falando nisso, Sonnen desafiou, entre muitos outros, o próprio Fedor.

Eu finalizei Tito Ortiz em menos de um minuto e agora venci Wanderlei Silva. Fedor, você pediu o meu autógrafo nos bastidores. Eu decidi que vou te dar, mas no final de um contrato para enfrentá-lo. – disse o sempre falastrão Sonnen, ainda no cage, após derrotar Wand.

Chael Sonnen não vencia uma luta desde 2013. Esta foi a primeira vitória do americano em sua segunda luta no Bellator. Já Wanderlei Silva não lutava há quatro anos. A sua última luta havia sido na vitória diante do americano Brian Stann, ainda pelo UFC.

Sonnen elogia Wanderlei e exalta poder de fogo do algoz

Chael Sonnen e Wanderlei Silva não são amigos. Mais do que isso, são rivais e desafetos. Depois de mais de seis anos de espera, enfim podermos ver a tão esperada luta entre os dois veteranos, que agora lutam pela Bellator. O aguardado duelo acabou não sendo tão empolgante quanto esperávamos que fosse. Isso porque Chael Sonnen usou da sua maior arma e levou Wanderlei para o chão nos três rounds, amarrando a luta e vencendo por pontos no Madison Square Garden, em Nova York. Apesar disso, Sonnen afirmou que o poder de fogo do brasileiro o surpreendeu, elogiando o desafeto em entrevista pós-luta.

Eu nunca havia sido derrubado com um soco antes. Essa foi a primeira vez que isso acontece. Meu maxilar está doendo e muito. Quando eu vi, já estava no chão. Eu fiquei surpreso com o quão duro Wanderlei é. Toda hora eu o encurralava no chão e poderia ter avançado em algumas posições, mas ele forçava e não deixava. Wanderlei é muito duro. Eu não gosto desse filho da p…, mas tenho que reconhecer que ele foi muito duro. – disse Chael Sonnen ao canal brasileiro Combate após superar Wand no Main Event do Bellator 180.

A luta entre Chael Sonnen e Wanderlei Silva foi o Main Event do maior evento da história da Bellator, disputado no lendário Madison Square Garden, em Nova York. O card contou ainda com diversas disputas de cinturão, além do Co-Main Event, que teve a vitória de Matt Mitrione sobre o lendário Fedor Emelianenko.

Foto: Chael Sonnen abusou do Wrestling para superar Wanderlei Silva em Nova York. (USA Today Sports)

Sonnen vence o Wanderlei no Main Event do Bellator 180
Votar