“É a luta que todo mundo quer ver”. Foi assim que Amanda Nunes definiu a possibilidade de enfrentar a compatriota Cris Cyborg, em uma superluta, na divisão feminina do UFC. A ideia foi primeiramente ventilada por Dana White e Amanda parece ter gostado da sugestão. A brasileira ainda tratou de deixar claro que não tem nenhum problema com Cris Cyborg.

Primeiro de tudo, eu não tenho nada contra a Cris Cyborg. Eu acredito que essa é a luta que todo mundo quer ver. É uma luta para nós duas deixarmos a nossa marca no esporte. – escreveu a campeã do peso-galo em sua conta no Twitter.

Se Dana e Amanda se mostram empolgados por uma possível superluta, o mesmo não pode ser dito sobre Cris Cyborg, que já tratou de garantir que o seu próximo objetivo é defender o cinturão dos penas.

Eu vou enfrentar a desafiante número 1 possível da categoria peso-pena na sequência. A minha marca no esporte vai ser abrir as portas para todas as mulheres. – disse Cyborg, também pelo Twitter.

A sugestão por uma luta entre as duas maiores lutadoras brasileiras de todos os tempos havia sido feita por Dana White, depois que Cyborg venceu Holly Holm.

Amanda quer enfrentar Cyborg. Essa é a luta a se fazer e é a luta que eu vou fazer. É uma luta muito divertida a se fazer. – disse o chefão do UFC, na semana passada.

“Todo mundo quer ver”, garante Amanda Nunes sobre possível duelo com Cyborg
Votar