Amanda Nunes e Valentina Shevchenko se enfrentam neste sábado, pelo Co-Main Event do UFC 215, em duelo que vale o cinturão dos galos da divisão feminina do UFC. As duas teriam se enfrentado no UFC 213, mas Amanda Nunes passou mal no dia da luta e acabou se retirando do duelo, causando a irritação de Dana White. Adversária da brasileira na briga pelo cinturão, Valentina revela que não chegou a conversar com Amanda sobre o ocorrido e garantiu ver a brasileira apenas como “mais um obstáculo”.

Eu nunca conversei com a Amanda. Para mim ela é minha oponente, é apenas mais um obstáculo a ser ultrapassado. Antes dela tenho o treinamento e o corte de peso. Na minha cabeça, tenho que estar fria. Não posso criar uma relação de amizade. Para fazer o que fazemos lá dentro, nossa cabeça precisa estar fria. Eu não estou brava com ela, mas preciso passar por ela. Sentimentos negativos não fazem bem para a luta. Sei o que tenho que fazer na luta mas para isso acontecer, preciso manter a cabeça fria. – declarou a lutadora de Quirguistão em entrevista ao site brasileiro Combate.

Bastante estrelado, o UFC 215 contará ainda com mais uma disputa de cinturão, entre o atual campeão do peso mosca Demetrious Johnson e o desafiante Ray Borg. Além de Amanda, outro brasileiro em ação neste sábado será Rafael dos Anjos, que enfrentará Neil Magny.

Valentina diz que Amanda é “apenas mais um obstáculo a ser ultrapassado”
Votar