Velhos algozes, os recém aposentados Wanderlei Silva e Chael Sonnen voltaram a virar manchete nesta última semana. No caso do brasileiro – que anunciou em setembro a sua aposentadoria – a possibilidade de voltar ao octógono para uma última luta foi discutida. Durante evento realizado em São Paulo, o Cachorro Louco mudou o tom ao ser questionado sobre uma possível volta ao MMA. Segundo Wand, a única maneira disso acontecer seria caso o americano Chael Sonnen aceite um duelo entre eles.
– Nesse momento eu estou aposentado, mas o futuro nunca se sabe, né. Se o Sonnen aceitar uma luta, por que não? Estou esperando, pode vir que tem. – afirmou Wand em entrevista ao canal “Rede TV”.
Enquanto Wand sonha em possível duelo contra Sonnen, Chael não tocou no assunto, mas garantiu que quando ainda tinha contrato com o UFC ele recusou uma proposta milionária da WWE, maior organização de luta livre do mundo.
– O Vince McMahon (Promotor do WWE) me oferecereu US$ 5 milhões, mas eu ainda estava sob contrato com o UFC e nunca nem levei isto ao Dana White. Eu disse “não” e fim de papo. Eu nunca contei esta história ao Dana, mas eu sei que se eu tivesse ligado para ele e falado que recebi esta oferta do Vince, o Dana teria igualado. – garantiu o polêmico americano, em entrevista ao site “MMA Fighting”.
Ao falar sobre Dana, Sonnen foi na contramão de Wanderlei – que garantiu que o chefão do UFC paga mal os atletas e é ganancioso demais. Segundo Chael, Dana é generoso e paga aos atletas mais do que poderia conseguir.
Sonnen se aposentou neste ano após ser flagrado em exame antidoping surpresa e ser suspenso por dois anos do MMA pela Comissão Atlética de Nevada.

06

Wanderlei Silva se aposentou em setembro, mas já cogita voltar a lutar (Foto: Ethan Miller/Getty

07

Chael Sonnen foi só elogios ao seu ex-chefe Dana White (Foto: UFC)

Wanderlei cogita deixar aposentadoria; Sonnen garante que recusou proposta milionária
Votar